shutterstock Só se matar nos abdominais não vai te dar uma barriga tanquinho. É preciso cuidar da alimentação também
shutterstock
Só se matar nos abdominais não vai te dar uma barriga tanquinho. É preciso cuidar da alimentação também

Uma barriga tanquinho digna de atleta ou de algum famosos das novelas faz a mulherada suspirar. E conquistar esse corpo exige treino e também alguns cuidados que vão além da academia. Pouco adianta se matar naquela série pesada de abdominais e se acabar em uma pizza ou cerveja logo depois, por exemplo.

O site de notícias “Esquire” conversou com um aluno que participou de um programa de emagrecimento chamado “Atleta amador”. A ideia era perder mais de 6 kg em três semanas com o auxílio de um personal trainer, no caso o responsável foi Pete Fraser. Além de se exercitar, o aluno aprendeu que era preciso cuidar da alimentação para ter uma barriga tanquinho .

Ao site, ele compartilhou 9 dicas essenciais para entrar em forma que vão além da academia. Veja a lista:

Carboidrato não é inimigo

É comum pensar que para perder peso e ganhar músculo o carboidrato é o vilão e a proteína, a solução milagrosa. Entretanto, uma dieta com carboidrato muito reduzido faz com o corpo retenha liquido. A chave é escolher o bom carboidrato, ou seja, nada de refinados. A dica é optar por versões integrais , grãos inteiros e evitar esse tipo de alimento no jantar.

Veja uma sugestão de cardápio balanceado com carboidratos: aveia no café da manhã, banana antes do treino, arroz integral e quinoa no almoço e proteína e vegetais no jantar.

Escolha as proteína corretas

Também é errado pensar que, enquanto controlar os carboidratos, pode comer proteína à vontade de qualquer tipo. Não é bem assim. Nada de só comer bacon, carne vermelha e alimentos desse tipo dizendo que são proteínas. Prefira as carnes magras e brancas, como frangos e peixes, e clara de ovo. Assim, você dará “alimento” aos músculos sem consumir muita gordura e ainda ficará saciado por mais tempo.

Planeje as refeições

Anote o que come em todas as refeições na semana, do café da manhã ao jantar. Isso vai ajudar a ter controle do que está consumindo e ficará mais fácil fazer eventuais ajustes caso tenha exagerado algum dia ou deixado algum nutriente de lado em outro.

Abuse dos vegetais

Ao começar uma dieta ou plano de reeducação alimentar é comum sentir fome. Para evitar isso e não cair em tentações de atacar o que tiver pela frente – saudável ou não – encha o prato com vegetais e folhas verdes. Ricos em fibras, esses alimentos trarão saciedade por mais tempo e não vão virar gordura acumulada na barriga.

Tempere as refeições

Temperos naturais são saudáveis, dão um sabor especial à comida e não estufam como os temperos prontos e industrializados.

Está mesmo com fome?

É preciso também conseguir entender quando se está realmente com fome ou só com vontade de atacar aquele mega sanduíche. Aprenda também a apreciar as refeições. Ok, pode não ser o pedaço de sua pizza favorita repleta de queijo, mas são vegetais e legumes que vão te deixar saciado e ainda vão fazer um baita bem para sua saúde.

Saiba beliscar

Você ainda pode fazer um lanchinho, sim, basta escolher os alimentos corretos. Tenha sempre em casa castanhas e amendoas e coma um punhado delas quando quiser beliscar no meio da tarde. Uma porção de fruta também é bem-vinda.

Água é sua aliada

Água ajuda a manter você hidratado e também saciado. Muitas vezes pode pensar que está morto de fome, mas está, na verdade, com sede. Chás (sem açúcar) e águas saborizadas também são indicados e não acrescentam nenhuma caloria a mais na dieta.

Lembre-se de seus objetivos

De vez em quando é bom se perguntar por que está fazendo a dieta e quer a barriga tanquinho. É fácil desistir da dieta e dos exercícios no meio do caminho se não tiver um propósito real para tudo isso. Também tente se estimular com fotos e até recados incentivadores. O esforço será compensado com mais qualidade de vida, com uma alimentação mais saudável, e um corpo em forma.

Fonte deste artigo: http://deles.ig.com.br/mundo-masculino/2017-04-03/barriga-tanquinho-dicas.html


DEIXE UMA RESPOSTA