Treze pessoas foram presas em Uberlândia durante operação conjunta desencadeada nesta quarta-feira (19) pelas polícias Civil e Federal. Segundo o delegado da Polícia Civil, Daniel Azevedo, eles são suspeitos de diversos crimes, entre eles a explosão de caixas eletrônicos no Uberlândia Shopping, roubo de aproximadamente 40 veículos e outras explosões em instituições bancárias da região.

Segundo o delegado, a Operação “Resposta” foi iniciada para combater roubo de veículos na cidade, inclusive em lava-jatos. “Durante as investigações, nós descobrimos que a quadrilha que roubada veículos fornecia estes carros para outro grupo que praticava furto, roubos e explosão de caixas. São pelo menos duas organizações criminosas diferentes que agiam na cidade”, contou.

Diante disso, conforme Daniel Azevedo, foi iniciada outra operação, denominada “Hidra”, com o apoio da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (Ficco). Após investigação, a polícia cumpriu nesta quarta-feira (19) mandados de prisão e busca e apreensão.

“Treze pessoas foram presas entre elas uma mulher que veio até a delegacia encontrar o namorado dela, que já estava preso. Ela carregava na bolsa várias notas de dinheiro queimado e não sabemos ainda qual era o objetivo dela”, disse.

Centenas de produtos sem procedência e usados em crimes foram apreendidos, como maçarico, material para furar pneu de carro, duas armas, toucas-ninja, ferramentas, dinheiro, videogame e até material escolar. Os envolvidos devem responder por furto, roubo, receptação e associação ao crime.


Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA