* Sargento Andrade responde pergunta de internauta

O portal de internet capinopolis.com maximizou seu papel social e passou a ser um "elo" entre o cidadão e alguns órgão públicos.

No dia 22/03/2010 um internauta enviou a seguinte questão:

"Gostaria que a administração e a segurança púlblica tomasse umas precaução sobre as drogas aqui em nossa cidade, pois existem muito ponto de drogas por ai e nada esta sendo feito, quantas familias estão desassosegada por causa disso, será que não dói na consciencia dessas autoridades. vendo tudo isso?"

 

O questionamento foi levado a autoridade policial por meio do capinopolis.com. Confira a resposta na integra.

 

"Acho justa a queixa do cidadão em tela, na medida em que anseia por um ambiente de segurança e de paz social; sendo esta uma obrigação do Estado, com a participação da sociedade. Claro que nos dói ver pessoas se perdendo em meio ao turbilhão das susbtâncias químicas nocivas. Neste sentido, preciso esclarecer tão somente que as autoridades constituídas muito tem feito a fim de prevenir o uso e abuso das drogas, bem como, no de reprimir as ações dos traficantes. Como exemplo do esforço preventivo, aponto o trabalho desenvolvido em conjunto entre a PM e a Rede Municipal de Educação para a aplicação do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência – PROERD, que desde o ano de 2005 tem divulgado uma nova filosofia de comportamento social entre os jovens de Capinópolis, que em médio prazo apresentará seus efeitos benéficos, sem dúvida alguma. Outra ação de prevenção é a participação da PM no Conselho Municipal Antidrogas, que em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e outros órgãos e entidades do Município, vem traçando as metas para o trabalho a ser desenvolvido para a redução dos danos do uso e abuso de drogas por pessoas de nossa cidade; promovendo ciclos de palestras, oficinas de aprendizado e campanhas educativas nos Programas Sociais administrados pelo Município.  

Especificamente em relação à repressão ao tráfico de drogas, reforço a informação de que todas as autoridades que atuam no município estão sensíveis a esta causa e que muito têm feito a fim de dar cabo a esta modalidade criminosa, que hoje assusta e incomoda qualquer cidadão de bem, não importando onde vive. Exemplifico esta afirmação esclarecendo que na Cadeia de Capinópolis há atualmente vários indivíduos presos pelo envolvimento no tráfico de drogas; alguns já cumprindo pena e outros aguardando julgamento. Só este fato já demonstra que algo está sendo feito, não cabendo dizer que as autoridades estão de braços cruzados.

Quanto ao fato de existir outros indivíduos vendendo drogas, isso é fato e se deve à cobiça desmedida de quem só se preocupa em ganhar dinheiro, acima de qualquer coisa. Contudo, ainda que a PM, em tese, saiba ou conheça estas pessoas e o que fazem, não podemos prender ninguém sem provas, o que no caso do tráfico de drogas nem sempre é fácil de conseguir; lembrando que até mesmo testemunhas são difíceis de arrolar em situações envolvendo este tipo de crime, pois a população em geral ficou acostumada a temer as mesmas retaliações que está presencia nos grandes centros através dos veículos de comunicação.  

Considerando tudo até aqui descrito, concluo dizendo que a população precisa mesmo ficar atenta a este crime e a outros que porventura a esteja incomodando, participando do processo de sua solução através de denúncias anônimas que podem ser feitas no serviço 181, que é gratuito e totalmente sigiloso; onde cada cidadão faz sua denúncia, sem ter medo de ver seu nome divulgado. Toda informação repassada às autoridades são muito úteis e ainda que não resultem na prisão imediata de quem está cometendo crimes, num dado momento serão de muita importância para o estabelecimento da culpa deste indivíduo infrator, quando for levado a julgamento, por exemplo. Finalizo então, solicitando que toda a comunidade busque ajudar fazendo suas denúncias, inclusive este seu leitor; o qual pode informar sigilosamente quem vê traficando drogas, para que a PM, a Policia Civil, a Promotoria e o Judiciário, possam tomar as devidas providências.

Segurança pública, dever do Estado, obrigação de todos!”

Constituição Estadual.

Atenciosamente

 

Sargento Andrade "

 

Espalhe esta notícia na sua rede social escolhendo o ícone da sua rede logo abaixo

Agradecimentos: Sargento João Batista de Andrade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Mário, secretário da Saúde em Capinópolis fala sobre os critérios para vacinação contra a gripe “A”.

* PM impedi fuga da cadeia pública de Capinópolis