* Médico suspeito de abusar sexualmente de crianças é preso.

 

Um médico que trabalha no setor administrativo da Secretaria de Saúde de Uberlândia foi preso nesta quarta-feira (31). Ele é suspeito de abusar sexualmente de crianças.

Edmilson Belo Pereira, de 51 anos, foi preso na casa dos pais no bairro Umuarama, em Uberlândia, durante uma operação em conjunto das polícias Militar e Civil. Com ele foram apreendidos duas CPUs, um notebook, fotografias de adolescentes, além de brinquedos. O material será periciado.

Segundo os policias, o homem que trabalha na área administrativa da Secretaria Municipal de Saúde, é suspeito de pedofilia. "A operação começou há 40 dias depois de uma denúncia dos próprios moradores", destacou o capitão da PM, Miller França Michalick.

Segundo o delegado Helder Paulo Carneiro, três vítimas do médico já foram identificadas. Ele ressalta também, que Edmilson já tem um mandado de prisão em aberto em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, por atentado violento ao pudor a enteada. "Vamos instaurar inquérito", disse.

De acordo com a Secretaria de Comunicação da Prefeitura, Edmilson Belo Pereira foi contratado pela Fundação Maçônica Manoel dos Santos em outubro de 2006 e que, portanto, a Prefeitura não participou do processo de contratação, que neste caso cabe apenas à Fundação.

A direção da Fundação Maçônica informou que as contratações são feitas obedecendo ofícios da Secretaria Municipal de Saúde e que o candidato à vaga não é obrigado a apresentar a certidão de antecedentes criminais, segundo a legislação trabalhista.

2 Comments

comente e responda
  1. sem vergonha!!eu odeio pedofilo, tem q ter pena de morte pra esses sem vergonha , safados amarrar o **** deles numa arvore e arrancar a força!!O Brasil necessita mudar suas leis, “prisão ” perpetua nesse gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Capinópolis recebe Jovens da Terceira Idade de toda região de Minas e Goiás

* Center Shopping de Uberlândia foi atingido por incêndio