* Jovem é assassinado durante festa em clube de Uberlândia

A polícia investiga o assassinato de um rapaz durante uma festa em um clube de Uberlândia. Durante uma briga, um homem sacou uma arma e disparou contra três mil pessoas.

Na porta do clube, vestígios da festa e da violência que marcaram a madrugada de domingo. João Alberto Lucas Oliveira Filho comemorava com a namorada o aniversário de 23 anos e acabou sendo atingido por uma bala perdida que acertou o braço e o peito.

Testemunhas disseram à polícia que a confusão teria sido às 4 horas da manhã. Horário em que teria começado uma briga. Uma pessoa, ainda não identificada, sacou uma arma e fez vários disparos. No local estavam, aproximadamente, três mil pessoas.

De acordo com o comandante do 32º Batalhão, tenente coronel Sidney Araújo, a polícia está de olho neste tipo de festa. Durante toda a tarde de domingo, familiares e amigos de João Alberto não paravam de chegar ao velório. Além do choro de saudade, o sentimento era de revolta. “Como um cara entra armado numa festa dessas? Queremos justiça”, diz o tio de João Alberto, Mário Martins Mariano.

A diretoria do clube AABB informou, por telefone, que o salão de eventos foi alugado e que no contrato consta que a responsabilidade da festa é dos organizadores. Já os organizadores garantiram que têm todos os alvarás necessários e que os seguranças contratados são legalizados e credenciados junto à Polícia Federal.

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as circunstâncias em que ocorreu o crime e para identificação da autoria dos disparos. Serão identificados os responsáveis pela festa. Estão sendo identificadas as testemunhas e a namorada da vítima. Elas começam a ser ouvidas amanhã. O prazo para conclusão do inquérito é de 30 dias.

Fonte: TV Integração

One Comment

comente e responda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* INSS garante auxílio reclusão a presos

* Dinair Isaac envia Plano de Carreira da Educação para Câmara Municipal de Capinópolis