* Militar homossexual é discriminado por tenente em Uberlândia.

Um soldado da Polícia Militar em Uberlândia protocolou nesta quinta-feira (22), no Ministério Público, uma denúncia contra um colega de trabalho.

O soldado Ricardo Borges Filho chegou ao Ministério Público acompanhado do advogado. Ele protocolou a denúncia contra um tenente da PM. Durante uma instrução, o soldado, que é homossexual, teria sofrido de discriminação. O tenente teria comparado a opção sexual do militar com uma atitude criminosa.

Além da justiça, Ricardo também já entrou com uma queixa disciplinar no 32ª Batalhão da Polícia Militar de Uberlândia. O comandante, tenente coronel Sidney Araújo, alega que o fato é pessoal e que não envolve a instituição.

Para o advogado do soldado, Paulo Monteiro, o fato configura crime militar. O promotor Adriano Bozola foi quem recebeu a denúncia. Ele disse que vai analisar o documento e nos próximos vai falar sobre o assunto.

Fonte: Megaminas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ao vivo

Mistério e medo – Ela descobre o que você está pensando