* Policial é baleado em tiroteio na cidade de Capinópolis

No domingo, por volta das 18h50m, a polícia Militar de Capinópolis foi acionada pela vítima N.M, informando que estava no bar do sr. D.A., também vítima e um homem  conhecido como N.E, vulgo "Fia Lerê" teria exibido duas armas de fogo contra os presentes naquele recinto e evadiu-se em seguida rumo a sua residência.

Os policiais deslocaram-se até a residência do suspeito e ao ser chamado pelo soldado, o mesmo apresentou-se com arma de fogo em punho;  Os policiais deram voz para que o autor largasse a arma, mas o mesmo efetuou um  disparo contra os policiais, atingindo um integrante na clavícula e o mesmo veio a deitar-se no chão.

Após a troca de tiros, aproximadamente 12 disparos, constatou-se que o soldado foi atingido novamente, desta vez no pé e o autor não foi atingido por nenhum dos disparos.

Várias perfurações foram feitas em um veículo estacionado na garagem da residência de "Fia Lerê" e nas paredes da casa.

O policial atingido foi levado ao pronto atendimento e socorrido pelo médico de plantão, João de Deus.

Diante do quadro, viaturas de Ipiaçu e Ituiutaba auxiliaram no rastreamento do autor e de acordo com denúncia anônimas, vários imóveis foram vistoriados.

Por volta das 23h50m o suspeito apresentou-se à polícia acompanhado do advogado, recebendo voz de prisão em flagrante delito.

Segundo a boletim de ocorrência, B.O, existe uma denúncia formal contra o autor de ter participado juntamente com seu filho de atentado contra a residência de policiais militares de Capinópolis.

O Sargento Andrade, que é o Comandante do Destacamento da Polícia Militar em Capinópolis ressaltou que o suspeito se entregou espontâneamente depois de acreditar na garantia de seus direitos constitucionais, entendendo que a Polícia Militar agiria com profissionalismo e não movida pela emoção, como pode acontecer em situações como esta. Outro ponto elencado pelo Sargento Andrade foi o de que todo o esforço conjunto entre os policiais militares que trabalham em Capinópolis e o reforço dos demais que aqui vieram naquela noite, dentre os quais citou os policiais militares de Ituiutaba, de Ipiaçu e de Cachoeria Dourada, tornou possível a prisão do suspeito, que não conseguiu escapar depois de todas a prováveis rotas de fuga serem cercadas.

B.O: M2004-2010-0001498

Atualizada em 12/05/2010

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Polícia apreende 100 quilos de maconha debaixo de cama em Ituiutaba

* Planeta Bizarro: Mulher tentar cortar pênis do ex-namorado