Divulgado nesta Sexta-feira o laudo de exame de DNA que confirma o suicídio do Pedreiro Giovanni dos Santos, ele foi encontrado morto em 18 de abril numa cela no Dernac

Os corpos dos seis jovens mortos pelo pedreiro foram sepultados em 12 de maio Cinco deles foram levados, em carro do Corpo de Bombeiros, para o Cemitério Jardim da Consolação, na cidade. Um deles foi levado para o Cemitério do Gama. As seis vítimas foram veladas no ginásio municipal de esportes e a cerimônia foi acompanhada por cerca de duas mil pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui