* Capinópolis comemora 56 anos com desfile das escolas

Um grande sorriso era o que se via no rostinho de cada criança que marchava em homenagem a Capinópolis.

Hoje, 15/06, mais um capítulo da história deste "pequeno grande" município, que abriga um povo hospitaleiro e ordeiro, que tem o amor com base e a fé como esteio foi escrito.

Algumas manifestações de amor sempre são feitas por pessoas e empresas, o portal Capinopolis.com surgiu da admiração do empresário Paulo Braga por sua terra, dando o nome da cidade a este veículo de comunicação, que leva os costumes e a cultura rica do povo ao mundo.

Professor Fabiano, uma grande personalidade, que mesmo esquecido na história é testemunha viva do esforço de alguns para o crescimento da cidade e da qualidade de vida para a comunidade. Fabiano foi voluntário como professor, auxiliou na criação da ACIAC, Rotary Club de Capinópolis, Sindicato dos trabalhadores Rurais, auxiliou inúmeros trabalhadores rurais entre outros.

Com uma política típica de pequenas cidades, Capinópolis as vezes é prejudicada com a guerra de ideologias medíocres. Enfrenta ainda grandes problemas como os grandes centros, como no caso das drogas.

Praça João Moreira de Souza, muito imponente e atrai admiradores de toda a região. É palco de grandes acontecimentos, como o de hoje, onde se comemora os 56 anos de emancipação de Capinópolis e os alunos das escolas municipais, juntamente com o esforço dos professores fizeram uma linda homenagem.

A equipe do site capinopolis.com estava presente e eternizou alguns momentos.

Capinópolis, uma cidade pequena, com uma cultura única, que evolui a grandes passos rumo a um futuro ainda mais próspero.

Uma homenagem do portal capinopolis.com – um patrimônio do povo de Capinópolis-Mg.

[starcomments tpl=7]

[flgallery id=9 /]

2 Comments

comente e responda
  1. concordo com  vc em parte, entendo q o escritor refere-se a"Hospitaleira" à terra, q mesmo te ofercendo emprego, vc esta reclamando . Agora às pessoas q aqui residem vc não deve  generalizar, nem todos pensam assim, pessoas com tal pensamento, vc  encontrará em qualquer lugar. Defendemos nossa terra, pq ela dá sim emprego pra muita gente, ela é hospitaleira, e aqui vive varias raças, tanto migrante como imigrantes, e tbm tem filhos q vão pra outras terras, q por certo sentem se coagidos, por outros.Capinópolis tem 56 anos de emancipação politica, muita gente contribuiu para esse progresso, q vc diz "fim de mundo"…mas daqui saem diariamente muitos homens  de caráter!!…tente se feliz com  vc  msm, pq  em qualquer lugar q fores, sentirá a mesma situação, ou ate pior…Não acha?????? sua terra Natal é um exemplo de desigualdade, tanto q vc fugiu dela.

  2. Não sei quem redigiu essa matéria, mas só mostra um lado desse povo de capinópolis. "Hospitaleiro" não seria a palavra certa, pois eles são muito preconceitosos e chamam todos que vem trabalhar na usina de Alagoanos, sou da PA e sou chamado de Alagoano.

    Um cidade de gente racista e preconceitosa. Ninguém pode se destacar na cidade que logo será taxado de alguma coisa. Se for um cara bonito ele é "gay", se é uma mulher popular é "vadia", se alguém sobe de posição social "tá roubando" ou vendendo droga. Tenha paciência com esse fim de mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Mulher abandona filho na privada após dar a Luz em posto de combustível na BR050

* Confira quem foram os ganhadores da promoção da ACIAC