Se por um lado os 80 quilômetros que serão duplicados na BR -365 significam desenvolvimento e segurança para os motoristas, por outro, causam transtornos para quem trabalha às margens da rodovia. A medida que a obra se aproxima das barracas de comercialização, a insegurança dos vendedores aumenta ainda mais.

A maioria dos comerciantes sustenta a família com o lucro das vendas dos produtos, e com o aviso de retirada, alguns já estão atrás de outro emprego.

Continua após a publicidade


Comments are closed.