O Ministério público concluiu o inquérito sobre o desaparecimento de Juneo Tano e afirma que Ana Cláudia Mendes de Oliveira e Inácio Freitas são os mentores do sequestro. Eles são acusados de extorsão, seguido de sequestro com resultado morte.

Ana Cláudia, que confirmou vários casos extraconjugais, teria feito mais de 2000 ligações para o amante Inácio e no mesmo período, efetuou apenas 279 chamadas para Juneo. Ana Cláudia era noiva do agricultor e amante de Inácio há 8 anos e durante o depoimento, citou nomes de outros vários homens com quem teria  se relacionado neste mesmo período.

Dias antes do desaparecimento do agricultor, Ana Cláudia enviou uma mensagem para Inácio com o seguinte texto: “Estou em Ituiutaba com ele, não me liga! Beijos“.

Continua após a publicidade

Depois do sequestro, ela teria enviado outra informação para o amante: “Não posso falar com você, minha vida e meus números estão sendo investigados. Vou habilitar outro chip e te ligo“.

Ana Cláudia alega inocência e afirma com certeza que Inácio Freitas tem envolvimento direto no crime, pois ela havia comunicado a ele que se casaria com Juneo Tano, Inácio teria dado sinais claros de ciúme e passou a se interessar pela vida financeira de Juneo.

No dia do crime, um carro Chevrolet Corsa, de cor verde, foi retirado de uma oficina de Capinópolis e flagrado pelo radar da MGT 154, que liga a fazenda do produtor a  Capinópolis. O veí­culo estava em alta velocidade e o horário da autuação foi registrado minutos depois do sequestro do produtor rural.

A famí­lia Tano levou o caso às autoridades e devido a isso, os sequestradores teriam deixado de fazer contato.

O crime teria sido motivado por dificuldades financeiras de ambos, que por se tratarem de “sequestradores aventureiros”, teriam ceifado a vida de Juneo Ueda Tano na intenção se eximirem do crime.

O depoimento dos suspeitos é contraditório.

A população de Capinópolis e de toda a região do Pontal do Triângulo prepara uma manifestação em frente ao Fórum da comarca hoje, 15/07.

(Saiba tudo que já foi publicado sobre o sequestro de Juneo Ueda Tano)