* Caso Juneo Tano: Ana Cláudia aceita “delação premiada” e advogado abandona o caso

Ana Cláudia - noiva de Juneo | Foto: Jornal C. de Uberlandia

Ana Cláudia, suspeita de ser a mentora do sequestro do produtor rural Juneo Ueda Tano juntamente com o amante, aceitou a chamada “Delação premiada”, ou seja, ela fornecerá todas as informações necessárias para conclusão do caso em troca de redução de pena, que pode chegar a 2/3 do total.

A decisão irritou o advogado de Ana Cláudia, que se afastou do caso alegando que a cliente forneceu informações contraditórias ao contratá-lo.

“Não sei onde o Juneo está e espero que quem esteja com ele o solte”, afirmou Ana Cláudia.

Inácio Freitas disse a imprensa que é casado há 24 anos e que teve apenas atração física por Ana Cláudia, disse ainda ter sido perdoado pela atual esposa.

Inácio Silva de Freitas afirmou que tinha um caso com Ana Cláudia da Silva Mendes, mas não é responsável pelo sumiço de Juneo Ueda Tano. “Eu tinha recebido um acerto com a empresa em que eu trabalhava. Recebi R$ 70 mil. Não estou com dificuldade financeira”, afirmou.

“É mentira dele”, disse Ana Cláudia, que também confirma a traição e disse que não delatou o amante para a polícia, porque foi ameaçada. “Fiquei com medo de ele fazer alguma coisa contra minha família.”

As investigações estão sendo concentradas em Prata_Mg.,  na cidade pode estar  o terceiro envolvido no caso que ajudaria a esclarecer os fatos.

O depoimento da mãe de Juneo, Maria Tano, foi emocionado e comovente. Ela, em prantos, disse que o filho está vivo.

Segundo o chefe da Deoesp, Márcio Nabak, a suspeita recaiu sobre o casal há cerca de um mês, devido à atitude fria de Ana Cláudia diante do desparecimento do noivo, com quem se casaria em setembro. “Começamos a focar nela e então descobrimos o seu envolvimento com Inácio Silva há cerca de oito anos. Ela confirma que foi ele quem sequestrou o Juneo”, afirmou Nabak. Ainda segundo o chefe da Deoesp, é pouco provável que Inácio conseguisse sozinho fazer a retirada de Juneo da caminhonete, sequestrá-lo, mantê-lo em cativeiro e/ou possivelmente executá-lo.

(veja toda a cobertura do Caso Juneo Tano)

2 Comments

comente e responda
  1. ESSE CASO E COMPLICADO PARECE QUE NEM A POLICIA TA CONSEGUINDO…..VAMO CHAMA A POLICIA AMERICANA PRA ENSINA-LOS A TRABALHAR

  2. ATÉ QUE ENFIM ESSA MULHER ACEITOU A FALAR…
    MAS POR MAIS QUE TENHA SIDO OFERTADA A DELAÇÃO PREMIADA ELA NÃO DEVERIA RECEBER ESTE PREMIO MESMO RELATANDO TUDO…
    POR TUDO QUE ELA FEZ REDUZIR SUA PENA É ILÁRIO…
    E ATÉ O ADVOGADO LARGOU-A KKKKKKK ISSO É INTELIGENTE DA PARTE DELE,POIS AJUDAR UMA PESSOA QUE MENTE, SÓ SUJARIA O SEU CURRÍCULO.
    PESSOA COMO ELA TEM MAIS QUE APODRECER NA CADEIA.
    QUE ELA DIGA LOGO ONDE O JUNINHO ESTÁ… QUE ELE ESTEJA EM VIDA!!!!
    CONTINUO ACREDITANDO QUE ELE CONTINUA VIVO!!!!
    POIS SE ELA TEM UMA MENTE PSICOPATA DEVE TER DEIXADO-O VIVO…
    ACREDITO EM DEUS QUE LOGO O JUNINHO ESTEJA ENTRE NÓS EM VIDA.
    QUE ESSE TORMENTO TERMINE LOGO E ESSA AÍ PAGUE POR TUDO… NA JUSTIÇA DE DEUS E DOS HOMENS!!!!
    QUE DEUS DÊ MUITA FORÇA A FAMÍLIA TANO QUE ESSA DOR PASSE O MAIS BREVE POSSÍVEL E QUE COM ALEGRIA ESTARÁ COM O JUNHINHO…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Suspeito de prática ilegal da Medicina em Ipiaçu continua preso

* Homem que se passava por médico é preso em Ipiaçu-Mg.