Foi preso na noite de Segunda-feira, 19/07, é um homem de 35 anos  suspeito de trabalhar ilegalmente como médico em Ipiaçu-Mg. Segundo informações, o suspeito fazia até 45 consultas por dia e recebia um salário de mais de R$ 12.000,00 mensais.

José Pellegrino Junior se passava por clí­nico geral e foi detido pela polí­cia na noite desta segunda-feira, no momento em que fazia um atendimento.

De acordo com a Assessoria de Imprensa da Polí­cia Civil, ele se identifica como Junius Leocádio Carvalho, de 29 anos, e diz ser natural de Teresina, no Piauí.

Continua após a publicidade

A polí­cia chegou até o suspeito após uma denúncia anônima feita por um dos pacientes. O homem suspeito de exercí­cio ilegal da medicina teria prescrito um medicamento errado.

O secretário de Saúde de Ipiaçu, João Batista Souza, não quis comentar o caso.

Segundo a polí­cia, o homem detido já tinha ficha criminal pelo mesmo motivo. Ele foi preso acusado de exercí­cio ilegal da medicina em 2008, na cidade de Sorriso, no Mato Grosso.