* Queimada em lavoura de cana-de-açúcar próxima da cidade causa grandes transtornos

A preocupação com o meio ambiente está em pauta atualmente, o aquecimento global preocupa e exige que algumas medidas sejam tomadas para minimizar os efeitos do progresso.

O Brasil festeja lucros das exportações de açúcar e álcool, mas continua ignorando os prejuízos à saúde da população.

Na noite de domingo, 08/08, a terra ardia em chamas com a queimada da palha da cana de açúcar em uma área muito próxima a Capinópolis, aumentando a temperatura, matando pequenos animais e levando grande quantidade de fuligem até as casas dos moradores de toda cidade.

A poluição atmosférica pode ser medida em microgramas de partículas poluentes por metro cúbico de ar. A taxa permitida pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente é 50 microgramas.

Algumas indicações já foram feitas na câmara municipal de Capinópolis com o objetivo de minimizar os malefícios das queimadas em lavouras próximas de Capinópolis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Sobrevivente de final de torneio de sauna está estável, diz organizador

Polícia encontra corpos das garotas desaparecidas em Uberlândia