blankCASO JUNEO TANO – Dois meses depois da prisão, Ana Cláudia Silva Mendes concedeu entrevista a uma tv local em uma sala reservada do presí­dio de Ituiutaba e falou  sobre o crime e os abusos de poder que aconteceram no caso.

Ana Cláudia e o amante Inácio Freitas são acusados do crime de extorsão, seguido de sequestro com consequência morte do agricultor Juneo Ueda Tano.

Ana Cláudia, emocionada, lembrou que o casamento entre ela e Juneo estava marcado para o último sábado, 04/09 e reafirmou inocência – “e saber que eu estou sendo acusada por um crime que eu não cometi. Estou sofrendo muito, muito aqui dentro”, disse.

Em uma carta escrita de próprio punho, Ana Cláudia, afirmablank que sofreu ameaças dos policiais do DOESP, caso ela não concordasse com as informações repassadas por eles. Ana alega ainda que foi obrigada a dizer que havia informado Inácio que Juneo receberia recursos financeiros provenientes da safrinha, caso não confirmasse esta versão, poderia apanhar.

CCAA Capinópolis

Em um outro trecho da carta, Ana Cláudia alega que um policial a ameaçou de levar para o mato e acabar com a vida dela. Ela também teria sido obrigada a acusar o amante Inácio.

Veja o vídeo da entrevista

Comente esta matéria logo abaixo.

Ouça o podcast do Tudo Em Dia:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui