Um casal de Campos Altos denuncia a Santa Casa de Araxá por erro médico. Segundo os pais, o filho de sete anos foi internado para fazer cirurgias de hérnia e fimose, mas acabou sendo operado da garganta.

Luís Otávio está em repouso. Ele aguardava pelas duas cirurgias há três anos, mas quando saiu do bloco cirúrgico na última sexta-feira (24), a preocupação da mãe, Elza Helena Souza, aumentou. “Quanto fui olhar ele estava pondo sangue pela boca e pelo nariz. Estava com a boca inchada. Perguntei à enfermeira o que era e ela falou que eles tinham feito uma cirurgia da garganta. Eu disse que então fizeram a coisa errada. E ela chamou a enfermeira chefe e ela falou que era mesmo muito grave o que eles tinham feito e eu fiquei desesperada sem saber o que fazer”, desabafa.

A mãe acredita que tenha havido um engano por causa do nome da criança. “Tinha outra criança com o nome de Luiz para fazer cirurgia de garganta. Acho que eles levaram trocado. Levou o meu no lugar do outro. Só olharam o primeiro nome, dispensou o outro e não fez a cirurgia do outro”, explica Elza Helena.

Continua após a publicidade

O diretor administrativo da Santa Casa, Daniel Angoti Akel, nega as acusações. Ele disse que não houve troca de cirurgia e que durante o procedimento cirúrgico o paciente teve complicações e a médica optou por uma cirurgia de emergência.

No prontuário consta que Luiz Otávio apresentou problemas quando foi entubado. A anestesista chamou a otorrino que avaliou a situação e submeteu o garoto a cirurgia das amídalas.

Ainda segundo o diretor clínico do hospital, todos os procedimentos pré-operatórios foram realizados. “Normalmente é feita uma rotina. Os familiares são indagados sobre o nome do paciente, qual procedimento cirúrgico. No centro de cirurgia é realizada uma nova checagem. Então todos os procedimentos foram adotados”, explica Daniel.

Os pais registraram um boletim de ocorrência e pretendem acionar a justiça. “Vamos procurar um advogado. Não tem como sair de uma área genital e passar para a garganta. Para mim foi um erro grave mesmo”, afirma o pai, Nelson Donizete de Souza.

Uma nova cirurgia para o garoto Luiz Otávio foi marcada para o mês vêm, no mesmo hospital.

Fonte: TV Integração


Comments are closed.