Obras levando transtornos momentâneos à população

A intensidade das chuvas nas últimas semanas trouxe preocupação para a prefeita Dinair Isaac com relação à situação de ruas e avenidas de Capinópolis.

A prefeita tem dito sempre à população, que a cidade está feia, com ruas com muitos buracos e várias obras em fase de acabamento, que acaba levando barro ou poeira para os vizinhos.

“Quero pedir desculpas à população, bem como a compreensão de todos, pois Capinópolis se transformou num grande canteiro de obras, e com esse período de chuvas os problemas aumentam, mas que todos possam ter na sua mente que o transtorno é momentâneo, e as obras ficarão para sempre”, disse a prefeita.

Um dos exemplos citados por Dinair é a construção da Ponte da Avenida 101, investimento de cerca de R$ 400 mil por parte do Governo do Estado, onde foram construídos seis bueiros para colocar fim ao problema das constantes cheias nas proximidades do Terminal Rodoviário. “A Ponte já está praticamente pronta, faltando a conclusão de serviços na parte dos bueiros, bem como o asfaltamento daquele trecho, mas temos que esperar uma estiagem para concluir os serviços”, comentou.

De acordo com entendimentos entre a Prefeitura e a Construtora Ferreira Lima, o asfaltamento do local deverá se feito nas próximas semanas, e são não foi feito antes por conta das chuvas, pois fazer serviço de asfalto com chuva é jogar dinheiro fora, analisa ambas as partes.

“Os moradores do Bairro São João também vão enfrentar os transtornos com esse serviço a partir de agora, pois depois de quase 10 anos sentindo o mau cheiro do esgoto correndo no Córrego, agora estamos construindo as redes de esgoto e tirando ele do leito do córrego, oferecendo dignidade àqueles moradores”, comentou Dinair.

“Tenho que respeitar o dinheiro público, fazer economia e não deixar ir por água abaixo os poucos recursos que arrecadamos, por isso a nossa equipe que faz a “Operação Tapa Buracos” pelas ruas e avenidas ficam de olho sempre na previsão do tempo, pois de que adianta tapar buraco num dia que tem chuva prevista, é jogar material na enxurrada e todos sabem que material para asfalto é caro”, argumenta a prefeita.

“Quando o cidadão faz uma reforma em casa ele enfrenta a poeira do cimento, os transtornos de ter a casa suja por alguns dias, pois limpamos de noite e no outro dia está da mesma forma. Assim é uma obra pública, como a Ponte da Avenida 101 e a Canalização do Córrego Olaria, ao invés de abandonarmos o nosso povo e deixá-la por vários anos sem que nada fosse feito, como ocorreu no passado, buscamos recursos, conseguimos e estamos concluindo uma obra que a maioria das pessoas diziam que seria a obra do século de Capinópolis, e agora a essas pessoas já fica o convite para a inauguração de uma obra de “100 anos” feita em pouco mais de 12 meses, isso é seriedade”, completou Dinair Isaac.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Lista de aprovados do processo seletivo simplificado 2011 em Capinópolis

Time do Ituiutaba esporte rumo ao Sul de Minas definitivamente