Famílias assinam contrato do Minha Casa Minha Vida em Capinópolis

Festa para 23 famílias que terão em breve a sua casa própria, deixando para trás o aluguel e morando no que é seu. Esse foi o sentimento coletivo das primeiras famílias a assinarem no último dia 27, o contrato para a compra da casa própria.

Esse é o maior Programa Habitacional já implantado em Capinópolis dentro de uma administração, onde serão construídas no mínimo 400 casas para diminuir o déficit habitacional.

As primeiras 30 casas fazem parte do Programa Minha Casa Minha Vida e serão construídas em terrenos próprios da Prefeitura, doados para cada beneficiado, de forma a garantir a diminuição do valor da prestação de suas casas.

O segundo projeto já está em fase final de escrituração dos projetos, e dentro de algumas semanas terá início, sendo construídas 296 casas no Residencial Ronei Garcia através da Construtora Realiza, cuja área foi adquirida pela Prefeitura na administração Dinair Isaac e Jorginho.

O terceiro projeto também já está em fase adiantada de negociação, onde a Construtora Buritis irá construir 60 casas.

“Só nesses três projetos teremos a construção de 384 casas em Capinópolis, e temos ainda a área que adquirimos pela Prefeitura próxima à Fiação D’Capi, onde ainda estamos em estudo do projeto a ser implantado naquele local, mas podem acreditar, o sonho da casa própria está se tornando uma realidade para o nosso povo”, argumentou a prefeita Dinair Isaac.

“Isso demonstra a seriedade colocada pela administração e essa é apenas uma etapa de tantas outras que virão em prol do setor habitacional no município”, disse o vice prefeito Jorginho Jacoub.

A assinatura dos contratos foi feito no Centro de Convenções do Parque de Exposições João de Freitas Barbosa, onde a Prefeitura está fazendo o atendimento ao público por conta da reforma do seu prédio, e o que mais se viu na solenidade foi a emoção de maridos e esposas.

“Hoje não posso plantar uma bananeira onde moro, pois quando vai dar o fruto o dono da casa pede a casa, e agora não, graças a Deus vou poder plantar para que meus filhos possam colher os frutos, e vou deixar de pagar R$ 230 de aluguel e tudo que fizer lá é meu”, desabafa Iranilton Caetano. “Agora sei que vou deixar uma casa de herança para os meus filhos”, completou.

“É um sonho, é um grande desafio, e já vejo como uma realidade e estou emocionada e motivada a trabalhar cada vez mais, principalmente ao ver no rosto dessas 23 famílias a alegria e a emoção de ter a sua casa”, comentou a prefeita. “Daqui a alguns dias outras sete famílias estarão assinando o seu contrato, e nos próximos meses estaremos iniciando a construção de outras 296 casas, e não vamos descansar enquanto não entregarmos a essas pessoas que acreditam na nossa administração a sua casa própria”, disse a prefeita.

Em meio às 23 famílias foi fácil observar algumas pessoas acima dos 40 anos conquistando a sua casa própria, e ao mesmo tempo, jovens, filhos de famílias tradicionais de Capinópolis tendo a mesma oportunidade.

“É a realização de um sonho, pois a gente que é trabalhador e paga aluguel tem esse sonho da casa própria, pois o aluguel é um dinheiro que vai e não tem volta, e estamos muito próximos de ter essa casa, e estou mais feliz ainda, pois vejo tantas pessoas mais velhas conquistando esse benefício que ainda jovem estou conseguindo, quero agradecer muito à administração”, revelou Deide de Souza Santos, que após estar dentro de sua casa própria já sonha em usar o dinheiro que seria para o aluguel para ter o seu carro.

Prefeitura adquire AABB para lazer dos Servidores Públicos de Capinópolis‏

Saúde em Capinópolis recebe cumprimento por metas atingidas