Senador Aécio Neves é parado em Blitz com CNH vencida e recusa a soprar o bafômetro

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) teve a carteira de habilitação apreendida por estar com o documento vencido e por se recusar a fazer o teste do bafômetro numa Operação Lei Seca na Avenida Bartolomeu Mitre, no Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Aécio foi parado na blitz na madrugada deste domingo (17). As informações são da Secretaria de Estado de Governo do Rio.

De acordo com a Secretaria de Governo, Aécio Neves foi multado. O senador não teve o carro apreendido, pois apresentou um condutor habilitado, e foi liberado.

A assessoria de imprensa de Aécio Neves informou que o senador não sabia que a carteira de habilitação estava vencida. De acordo com a assessoria, o tucano tinha saído da casa de amigos e voltava para sua residência, no Leblon, com a namorada.

Ainda segundo a assessoria, os policiais reconheceram o senador e solicitaram a documentação, que foi imediatamente apresentada. Quando os policiais alertaram que a habilitação estava vencida, Aécio Neves disse que não sabia que estava vencida.

A recusa do teste de bafômetro é considerada uma infração gravíssima, representa sete pontos na carteira e vale multa de R$957. Dirigir com a carteira de habilitação vencida também é uma infração gravíssima e representa sete pontos. A multa é de R$191,54

2 Comments

comente e responda
  1. Dirigir com a carteira vencida e embriagado já são duas péssimas condutas de nosso senador. Mas na minha opnião o pior é o senador mineiro morar no Rio de Janeiro. Isso é o típico político que os mineiros elegem, neto do fulano, filho do cicrano e etc … Minas é o lugar do povo mais despolitizado do Brasil, vendem o voto em troca de uma dentadura, uma bolsa de estudos ou R$50,00 no dia da eleição.

  2. Imagina que vergonha pro nossa estado, se ate o senador de Minas recusar fazer o teste,então o que sobra pra nós simples mortais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Empresa do Triângulo Mineiro faz sucesso na Internet

Dinair envia projeto ao Legislativo para adequação do Piso Nacional da Educação