img. ilstr.

UBERLÂNDIA, MG – Um homem de 30 anos, trabalhava supostamente como missionário em Uberlândia, foi preso sob acusação de molestar enteadas, uma de 14 e outra de 12 anos, no bairro Morumbi.

O suposto missionário veio do Maranhão e foi identificado como sendo Samuel Teixeira Viana. Ele foi denunciado após uma das crianças relatar o fato à professora, que acionou o Conselho Tutelar.

Continua após a publicidade

Em depoimento, as meninas negaram que houve molestamento, porém com a investigação apurada e o uso de estudos psicossociais, foi constatado estupro de vulnerável.
O homem foi preso e agora seu caso será encaminhado para inquérito judicial.


Comments are closed.