Lucielma da Silva dos Santos - 14 anos

ITUIUTABA, PONTAL MINEIRO – A saúde pública na região dá sinais claros de precariedade, desta vez em Ituiutaba. Uma garota de 14 anos morreu prematuramente após realizar um aborto para retirar um feto, de seis meses, que estava morto.

 

Continua após a publicidade

Lucielma da Silva dos Santos começou a sentir fortes dores de cabeça, escurecimento das vistas e vômitos, após ser atendida no pronto atendimento, foi encaminhada ao hospital São José, onde entrou em coma. Após oito dias de internação, a jovem não resistiu e morreu.

O atestado de óbito aponta que a morte teria sido causada por uma parada respiratória e choque séptico.


Comments are closed.