img ilust

Uma adolescente de 14 anos pulou da janela do segundo andar da escola Estadual Antônio Luis Bastos, no bairro Aparecida, região central de Uberlândia, no início da tarde desta segunda-feira (27). A superintendente regional de ensino Joyce Magnine, disse que a adolescente relatou à direção do colégio que pulou da janela para cair nos braços do namorado, mas não imaginou que poderia se machucar.

Segundo a superintendente, não será necessária implantação de grades de proteção nas janelas da escola. “A escola não tem educação infantil. São todos adolescentes e foi um acidente que poderia ter sido evitado”, disse.

Segundo o Corpo de Bombeiros, ela foi levada para a Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do bairro Pampulha, zona sul, e liberada no início da noite. Conforme o sargento do CB Reginaldo Cruzeiro de Souza, a adolescente sofreu lesões na região lombar, mas estava consciente. “Ela estava bem e falando”, disse.

Continua após a publicidade

Segundo o sargento, o Corpo de Bombeiros fará uma vistoria na escola para verificar a situação do local. “É feita a avaliação pós-sinistro para ver se a escola conta com os itens de prevenção e não oferece riscos aos estudantes”, disse. O laudo deve sair em 30 dias.

O sargento disse que a vítima foi carregada por outros alunos até a porta da escola antes dos primeiros socorros dos bombeiros. A ação, segundo ele, não é recomendada. “O certo é deixar a pessoa como está até a chegada dos bombeiros. Pode ser que cause uma fratura mais grave”, disse.


Comments are closed.