divulgação

Se ainda não estiver claramente óbvio, a 20th Century Fox está tentando utilizar tudo que puder da franquia ‘X-Men‘. Com a dificuldade em trazer de volta o elenco estelar da trilogia, devido aos salários astronômicos, a empresa optou em seguir outro caminho: contar como tudo começou.

Muitos ficaram com o pé atrás com a atitude duvidosa de iniciar uma nova franquia com ‘X-Men: Primeira Classe‘, afinal, já sabemos como foi o destino daqueles personagens no cinema. Mas para alivio dos fãs, o início é literalmente de primeira classe.

Continua após a publicidade

Matthew Vaughn comanda a produção de maneira esplêndida, e nos entrega um filme fenomenal, que mesmo respeitando a trilogia, consegue inovar, adicionando frescor e novidades.

X-Men: Primeira Classe‘ conta a história do épico início da saga dos X-Men e revela a história secreta de famosos eventos globais. Antes dos mutantes se revelarem ao mundo, e antes de Charles Xavier e Erik Lensherr assumirem os nomes de Professor X e Magneto, havia dois jovens descobrindo seus poderes. Nada de arqui-inimigos: naquela época, eles eram amigos íntimos e trabalhavam junto com outros mutantes para deter a terceira Guerra Mundial. Nesse processo, uma grave desavença aconteceu, dando origem à eterna guerra entre a Irmandade de Magneto e os X-Men do Professor X.

Como todo início, a ação é colocada de lado para que os personagens possam ser apresentados. Não espere um filme repleto de efeitos especiais e cenas de ação desenfreadas. O foco aqui é a história. E acredite, este é o maior acerto.

A escolha do elenco também é um grande acerto. Michael Fassbender é o que mais brilha, como um vingativo e rancoroso Erik Lensherr, e James McAvoy entrega um Charles Xavier com muita dignidade. Jennifer Lawrence surpreende como Raven Darkholme, a futura Mística. Na maior parte do tempo em sua forma humana, a atriz tem uma maior liberdade de atuação, e é um dos maiores destaques do elenco. A sensualidade fica por conta da belíssima January Jones, uma Emma Frost perfeita.

E uma surpresa divertida: Dois astros da trilogia fazem uma ponta que deixará os fãs loucos.

Mesmo sendo um blockbuster de ação, ‘X-Men: Primeira Classe‘ tem o charme de um filme inteligente, e inicia uma nova franquia com louvor e inovação. É tão importante como ‘Batman Begins’ foi para a franquia Batman.

Crítica feita por: RENATO MARAFON

NOTA DO FILME: 4,5 / 5,0



Comments are closed.