Cantora internacional Amy Winehouse morre aos 27 anos

Amy Winehouse (*) 1983 (+) 2011

A imprensa britânica noticiou que cantora Amy Winehouse morreu na tarde deste sábado (23), por volta das 16h do horário local (13h de Brasília), aos 27 anos. Segundo informações dos jornais “The Guardian”, “Daily Mirror”, The Sun” e “Sky News”, a cantora foi encontrada morta em sua casa em Camden, na Inglaterra. Há suspeitas de que ela tenha sofrido overdose de drogas.

A notícia ainda não foi confirmada pelos assessores de Winehouse, mas, de acordo com a agência de notícias Reuters, a polícia informou que “o corpo de um a mulher de cerca de 27 anos” foi encontrado no mesmo local descrito como o flat onde morava e que o caso está sendo tratado com uma morte “inexplicada”.

O site de notícias TMZ publicou um comunicado que teria sido divulgado pela polícia metropolitana londrina. “A polícia foi chamada pelo Serviço Londrino de Ambulância em um endereço na Candem Square NW1 pouco antes das 16h05 (horário de Londres) do sábado, 23 de julho, com depoimento de uma mulher encontrada morta. Ao chegar, oficiais encontraram o corpo de uma mulher de 27 anos que foi declarada morta na cena. Investigações continuam a respeito das circunstâncias da morte. Até o seguinte momento, não há explicação”. Sua última aparição foi na noite de quarta-feira, quando se apresentou ao lado da cantora de soul Dionne Bromfield, na The Roundhouse, uma casa de shows em Camden. Amy Winehouse –que teve seu auge em 2008, quando ganhou cinco dos seis prêmios Grammy a que disputava– lançou dois discos: “Frank” (2003) e “Back To Black” (2006), que trouxe hits como “Rehab”, “You Know I’m No Good” e “Tears Dry On Their Own”.

Em janeiro deste ano, a cantora inglesa desembarcou pela primeira vez no Brasil para cinco shows, após dois anos longe dos palcos. No mês passado, a cantora cancelou sua turnê europeia após ser vaiada em Belgrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fábrica de Fraldas é inaugurada e entidades recebem primeiras unidades

Dinair Isaac se diz otimista com negociações junto ao Hospital São José