Duas mulheres são presas por golpe do “bilhete premiado”

Divulgação

UBERLÂNDIA, TRIÂNGULO MINEIRO – Duas mulheres, de 31 e 42 anos, foram presas suspeitas de aplicarem o golpe do bilhete de loteria premiado em Uberlândia, na tarde desta quinta-feira (8). Elas abordaram uma idosa de 63 anos na rua Tiradentes, bairro Fundinho, setor central de Uberlândia, na tarde de quarta-feira (7) e disseram ter um bilhete no valor de R$ 8,8 milhões e que venderia para um senhor por R$ 120 mil.

Segundo a Polícia Militar, as duas começaram a conversar e pediram para que a idosa retirasse R$ 10 mil do banco, porém por ser feriado a mulher de 63 anos conseguiu retirar R$ 1,4 mil e o restante entregaria hoje. Depois de entregar o valor, as suspeitas entraram em contato com a idosa e exigiram R$ 20 mil.

Desconfiada das duas, a mulher acionou a gerente do banco e a Polícia. Ela foi orientada a marcar o local e a hora para entregar o dinheiro. Os policiais que observavam a ação as abordaram logo após pegarem o envelope bancário.

As duas foram presas em flagrante e usavam em um carro de luxo alugado em uma locadora de Uberlândia. Com elas, os militares encontraram R$ 637,25, 165 dólares e 5 Euros. Uma terceira mulher envolvida conseguiu fugir. As três estavam hospedadas em um hotel de Uberlândia na avenida João Naves de Ávila.

Capinópolis pode implantar Coleta Seletiva nos próximos anos

Vereador Waguinho fala do ex-integrante do PTB que o “apunhalou” pelas costas