Suspeito de vender CNH falsa usava peruca para não ser encontrado

Suspeito de vender Carteira de Habilitação Nacional (CNH) falsificada, adulterar chassi de uma caminhonete e receptação, Reginaldo Humberto de Oliveira, 38 anos, usava uma peruca para não ser encontrado pelos policiais.

Divulgação

Oliveira foi preso em uma casa no bairro Jardim Patrícia, zona oeste de Uberlândia, no início da tarde desta segunda-feira (10) com uma caminhonete adulterada e apresentou documentação falsa. “Ele era conhecido dos policiais e na tarde de hoje foi abordado pelos investigadores”, disse o delegado André Vinícius Corazza.

A caminhonete com placa de Pontal, cidade do estado de São Paulo, estava com o chassi raspado, porém a numeração original do veículo permanecia nos vidros. Segundo o delegado, trata-se de uma caminhonete furtada no setor universitário de Uberaba, a 100 quilômetros de Uberlândia, no dia 29 de maio de 2010. “O documento foi falsificado para tentar regularizar o veículo e a placa também foi alterada”, disse.

Reginaldo Oliveira disse ter financiado a caminhonete e comprado por R$ 6 mil de um cigano no estado de Goiás. “Estou sabendo de tudo isso por vocês (imprensa). Comprei sem saber que era furtada”, disse. Sobre o uso da peruca, Oliveira corrigiu a reportagem e disse não usar peruca e sim uma “prótese com cola cirúrgica por causa da calvície”, disse. Sobre a falsificação e venda de CNH’s, o suspeito alegou inocência.

Oliveira é albergado da penitenciária Pimenta da Veiga e recebeu no dia 14 de setembro deste ano, menos de um mês, progressão de pena e respondia em regime aberto pelo crime de homicídio. Segundo o suspeito, ele deu fuga para o irmão que matou um homem em Nova Ponte em 2002 e foi considerado co-autor. Agora, suspeito de novos crimes, ele volta para a penitenciária e deve pegar, conforme o delegado, cerca de 20 anos de prisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Crianças se divertem com o “PM amigo legal”

Mulher diz ter encontrado rato dentro de pacote de salgadinho em SC