“Os telespectadores não gostavam de mim e eu vivia pedindo demissão”, afirma Maria Beltrão

Maria Beltrão

No ano em que a Globo News completa 15 anos, Maria Beltrão comemora o mesmo tempo de trabalho no canal a cabo. Em entrevista à revista “Quem” desta semana, a jornalista conta as dificuldades de ser aceita na profissão por conta de seu jeito espontâneo. “Os telespectadores não gostavam de mim e eu vivia pedindo demissão. Pedi cinco vezes nos cinco primeiros anos”, conta. “Nunca quis vestir essa personagem séria, que fala empostado. Quando a informalidade no jornalismo passou a fazer sentido no Brasil, passei a ser respeitada”, lembra a apresentadora do programa “Estúdio i”.

Foi por causa desse seu lado informal e estabanado que Maria começou a colecionar vídeos de erros nos telejornais, sucesso de público no Youtube. “Tenho orgulho de tudo que humaniza e mostra como as coisas não são feijão com arroz ou robóticas. Não gosto de quem se leva muito a sério”, revela.

Aos 40 anos e mãe de Ana, de nove, Maria também conta à publicação como reencontrou o amor. Separada desde fevereiro de 2010 do segundo marido, a jornalista voltou com o primeiro marido em outubro de 2010, o agente de turismo Paulo Martins Ribeiro, com quem tinha se casado aos 24 anos. “As pessoas me diziam que casaram com o ex-marido e eu pensava ‘isso não existe’. Nunca achei que isso fosse possível. E, de repente, estou feliz como num conto de fadas”, afirma.

Site da ACIAC já está em clima de Natal

Gigantes de Aço