Homem mata gansos de estimação de uma família em Uberlândia para comer com cachaça

ilustrativo

Um homem de 33 anos é suspeito de roubar e matar dois gansos de estimação de um morador do bairro Guarani, em Uberlândia, para comer com pinga. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito pulou o muro da casa do aposentado Ari Rita de Assis, de 53 anos, nesta sexta-feira (11) à noite e matou as aves.

“O suspeito levou os gansos para a casa de um vizinho, onde passava uma temporada. Cerca de três horas depois ele voltou ao local do crime para roubar mais aves. Foi quando Ari Rita acionou a polícia. O dono da casa, que deu abrigo ao suspeito, também chamou a polícia e ficou confirmado que se tratava do mesmo caso. O suspeito assumiu que comeria as aves com pinga”, informou o soldado Maxuell Souza.

Ainda de acordo com a polícia, uma cadela de oito anos também pode ter sido morta pelo mesmo homem. “Uma cachorra foi encontrada sem vida no quintal da casa. Provavelmente ela foi envenenada na segunda vez que o homem entrou na residência da vítima”, contou o soldado.

Na 1ª Delegacia Regional de Uberlândia, o dono dos gansos falou emocionado que criava as aves como filhos há três anos. “Agora não sei como vai ser, fiquei sem chão. Minha mãe, uma senhora de 82 anos, que respira com a ajuda de aparelhos, está muito abalada. Os gansos eram nossos companheiros. Eles comiam na minha mão. E ainda matou minha cachorra, outra companheira”, desabafou.

O suspeito foi encaminhado à Delegacia Civil. Os gansos foram devolvidos ao dono. “Não sei o que vou fazer com as aves mortas”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cinema: Confira a crítica do filme “O Palhaço”

Loja de Brinquedo pega fogo no Centro de Uberlândia