Casais terão apoio da Prefeitura de Capinópolis para oficializar casamento no civil

Jorginho e Dinair

CAPINÓPOLIS –Agora não tem mais desculpas. Quem ficou enrolando até hoje para oficializar o casamento no civil já pode preparar a festa. Pelo menos no que depender dos gastos com o cartório e com a cerimônia que marcará o enlace matrimonial.

O assunto faz parte do Projeto de Lei encaminhado pela prefeita de Capinópolis, Dinair Isaac, encaminhado à Câmara Municipal para votação.

Segundo a prefeita, em sua mensagem enviada ao legislativo, o projeto objetiva legalizar a união de casais que vivem juntos, e que não possuem condições financeiras para financiá-lo. Deste modo, o projeto está voltado para um público específico que atende os seguintes critérios: pessoas maiores e capazes, que residam em Capinópolis há pelo menos dois anos; renda familiar não superior a três salários mínimos, tenha inscrição no CadÚnico – cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Para Dinair a Lei tem por finalidade de estabelecer critérios justos, a fim de tornar mais eficiente o resultado da ajuda no pagamento das despesas com o casamento civil. “As mulheres que sonham em se casar terão a oportunidade de concretizar esse sonho, esse é o papel da Prefeitura de Capinópolis”, comentou a prefeita.

A prefeita acredita no apoio do Legislativo na votação e aprovação desse projeto que tem um aspecto social muito importante para as famílias capinopolenses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia Civil investiga clínica clandestina de estética

“Eu Vivo na Ilha” – Se você sabe ou tem uma opinião sobre o que é, responda e ganhe brindes