Mulher é presa após jogar álcool e atear fogo no filho de 10 anos

Foto: HÉLIO TORCHI/AGÊNCIA ESTADO

Uma mulher foi presa na madrugada de hoje, depois de jogar álcool no próprio filho, de 10 anos, e atear fogo no garoto. O crime ocorreu na Vila Esperança, na zona leste de São Paulo. De acordo com informações da Polícia Militar, a agressão teria ocorrido por motivo fútil, após a mãe mandar que a criança desligasse a televisão e fosse dormir. Sandra Gomes Bacelar, de 35 anos, também mostrava sinais de embriaguez quando foi presa.

Policiais militares que foram até o local disseram ter encontrado o padrasto Ubiraci Uchoa Vieira, de 39 anos, já dentro do carro com a criança, para levá-la ao hospital. “Assumimos a direção do veículo e corremos para o hospital Ermelino Matarazzo. Durante o trajeto, o menino disse que a mãe o havia queimado por não ter desligado a TV. A irmã confirmou a versão”, contou o soldado Marcelo de Melo, da 1ª Companhia do 2º Batalhão da PM.

A criança sofreu queimaduras em toda a parte frontal do corpo, rosto, tronco e membros, além das vias respiratórias. Ele permanece no hospital, em estado grave. A policia ouvirá Ubiraci também alcoolizado no momento do crime, Sandra, que sofreu queimaduras no braço, e a filha do casal. A casa passará por perícia. O caso foi encaminhado ao 24º Distrito Policial.

Estudo indica que endividados têm hábito de beber e fumar

“Tem sinal de qualidade no ar” – Operadora VIVO já implantou rede 3G em Capinópolis