Mototaxista é suspeito de estuprar a filha de cinco anos

Divulgação

UBERLÂNDIA – TRIÂNGULO MINEIRO: O mototaxista José Elvídio Fiuza Malveira, 57, foi preso, na tarde deste domingo (25), suspeito de ter estuprado a filha de cinco anos no bairro Dona Zulmira, zona oeste de Uberlândia. Segundo a Polícia Militar (PM), o fato teria acontecido na madrugada de Natal.

A denúncia foi feita pela mãe da menina que acionou os militares depois que a criança reclamou de dores nas partes íntimas. O fato foi registrado na 109ª Cia da PM, no bairro Jardim Patrícia.

De acordo com o sargento Gilmar Lima, da 109ª Cia, “a menina contou que ele pediu para ela tirasse a roupa e depois ele teria introduzido o dedo nas partes íntimas dela. Ela ainda afirma que esta não é a primeira vez que isso acontece e que só não contou outras vezes por medo dele”, disse.

Na 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil, onde acusado foi autuado em flagrante, ele negou que tenha cometido o crime. “A mãe deve ter colocado ela para mentir. Essa mulher é problemática, já fugiu de casa quatro vezes. Eu não fiz isso”, afirmou.

A garota foi examinada no Instituto Médico Legal (IML), mas o resultado do exame não foi divulgado até a noite de hoje.

Esta é segunda vez, em menos de dois meses, que o mototaxista é preso, já que em outubro, ele ficou detido após ameaçar a enteada de 14 anos.

A adolescente também o denunciou por estupro, mas ele não foi preso pelo crime por não se tratar de uma situação de flagrante. Na ocasião, ele pagou fiança pelo crime de ameaça e respondia à Justiça em liberdade.

Saldão de Natal no site da loja A ilha – Descontos de até 30%! Aproveite!

Menor de 15 anos acusa patrões de estupro.