Material apreendido

CAPINÓPOLIS, PONTAL MINEIRO – Na noite de sábado, 15 de setembro, a Polícia Militar em Capinópolis foi acionada a comparecer em uma residência, pois havia um homem desconhecido que invadiu  o  imóvel  e  estava  dentro  de  um  banheiro.

No  local,  os  militares depararam  com  D.U.S  que  relatou  aos policiais  que  adquiriu  substâncias entorpecentes  na  residência  de  dois  indivíduos (D.E.J e C.B.C.A),  desentendeu-se  com  eles,  foi agredido,  ameaçado  de  morte,  ocasião  em  que  evadiu  e  se  escondeu  na residência onde foi localizado. D.U.S apresentava diversas escoriações pelo corpo e  foi encaminhado ao pronto socorro.

Continua após a publicidade

Durante o atendimento confessou  aos militares que havia adquirido 04 (quatro) pedras de crack na residência dos indivíduos que o haviam agredido e necessitava de atendimento médico  urgente,  pois  havia  ingerido  uma  das  pedras  e  estava  sentindo  fortes dores abdominais.

Disse ainda que havia consumido duas pedras e entregou a quarta a equipe policial. D.U.S  foi conduzido até a Delegacia por Posse Ilegal de drogas.

Diante do exposto, os militares deslocaram se dirigiram à residência de (D.EJ  e C.B.C.A) homens que haviam agredido D.U.S,  sendo  eles  localizados  e  presos  primeiramente  pelas  agressões contra D.U.S. Em  seguida,  diante  das  evidências  de  tráfico  de  drogas,  associadas a inúmeras denúncias via 190, de que D.EJ,  de fato, comercializava entorpecentes, os policiais militares fizeram novas  diligências  e  conseguiram  apreender uma menor (amásia de D.EJ), quando ela saia da residência do denunciado, portando 24 (vinte e quatro) pedras de crack e 08 (oito) porções de cocaína.

Já no interior da residência de D.EJ, outra menor foi apreendida, pois, durante buscas no interior da casa foram localizadas ainda 335 (trezentas e trinta e cinco) pedras de crack e 30 (trinta) papelotes de cocaína, além de certa quantia em dinheiro, e substância utilizada no refino (preparo) de entorpecentes.

Os (D.EJ e C.B.C.A) foram presos em flagrante delito pelos crimes  de Tráfico de Drogas e Associação para o Tráfico de Drogas e as menores foram apreendidas por ato infracional semelhante a tráfico e associação para o tráfico de drogas, sendo todos  conduzidos  para  a  3ª  DRPC  de  Ituiutaba  /MG onde (D.EJ e C.B.C.A) tiveram suas prisões ratificadas pela autoridade policial.

A droga e materiais arrecadados foram apreendidos.

Fonte: Assessoria de imprensa da PM


Comments are closed.