Dennis Avner era adepto da modificação extrema do corpo.
Em 2009, ele disse que não se incomodava com os olhares das pessoas.

Homem-gato morreu aos 54 anos

Conhecido como “homem-gato”, o norte-americano Dennis Avner morreu aos 54 anos no último dia 5 de novembro. A causa da morte não foi divulgada.

Avner era um dos artistas performáticos mais famosos do mundo. Descendente de índios huron e lakota, da América do Norte  – seu nome indígena é Stalking Cat (“felino caçador”) – , o “homem-gato” começou a modificação extrema do corpo aos 23 anos.

Continua após a publicidade

Em 2009, ele esteve no Brasil e afirmou que não se incomodava com os olhares das pessoas, que ficavam curiosas e surpresas com sua aparência.

“Eu sou uma atração em qualquer parte do mundo. Não me importo com o assédio das pessoas, porque isso acontece em todos os lugares aonde vou”, disse Avner.


Comments are closed.