Divulgação

Em Ituiutaba, no Triângulo Mineiro, golpistas estão usando o nome do Lar de Idosos Padre Lino para tentar extorquir dinheiro da comunidade. Criado há mais de 20 anos o local hoje atende 54 internos, como o aposentado Pacífico Gomes da Silva. Quando chegou, há sete meses, ele mal conseguia movimentar as pernas e, agora, anda para todo lado. “O povo é bom para mim, ganhei um radinho, um par de botina, todo mundo vem aqui e me abraça”, contou o aposentado.

A instituição é mantida com a ajuda da comunidade e, todo fim de ano, o asilo faz uma campanha com os colaboradores para uma ceia especial para os idosos. O trabalho é feito apenas por funcionários e parceiros do asilo, mas nos últimos dias moradores da cidade receberam ligações de outras pessoas pedindo ajuda em nome da instituição. De acordo com o asilo, pelo menos 20 moradores foram abordados e, na maioria dos casos, os golpistas pediram ajuda em dinheiro.

O diretor do local, Márcio Fernandes Ferreira, contou que geralmente os golpistas tentam passar o número de uma conta corrente para que o morador faça o depósito. “Foram mais de 20 telefonemas de pessoas, até conhecidas do asilo, que colaboram com a gente, reclamando que há pessoas ligando e pedindo doação”, explicou Márcio.

Continua após a publicidade

A secretária escolar Élida Vinhais Camargo foi procurada e disse que achou estranho o pedido do outro lado da linha e não fez a suposta doação. “Eu já sabia que o Lar do Idoso não estava com esse trabalho de pedir por telefone então eu estranhei”, contou Élida.

Não há informação de que os golpistas tenham conseguindo alguma doação e, agora, o asilo passou o caso para a polícia. “A partir de agora a polícia vai tomar providências mais sérias quanto a isso”, finalizou Márcio.


Comments are closed.