Se fosse um nome de filme, seria “Amor, estranho amor”. Como não é, é um pouco mais perturbador: uma mulher da Suécia é acusada de fazer sexo com cadáveres.

Em imagens divulgadas pela polícia, a mulher de 37 anos – cujo nome não foi revelado – aparece lambendo e abraçando um crânio humano. Segundo as autoridades, as imagens foram feitas no apartamento da mulher, em Gotenburgo. No local, os policiais acharam ao menos seis crânios, uma espinha e vários outros ossos sortidos, escondidos em um compartimento secreto onde também havia uma broca, sacos mortuários e fotos de um necrotério.

Policiais também encontraram imagens da mulher realizando atos sexuais em um esqueleto, além de dois CDs intitulados “Minha necrofilia” e “Minha primeira experiência”.

A mulher foi presa em setembro, segundo o tabloide britânico The Sun, e a Justiça de lá julgará o caso dela na semana que vem. Se confirmada a acusação de necrofilia, a mulher pode pegar até dois anos de cadeia por “perturbar a paz dos mortos”. A ré afirma que comprou os ossos pela internet, mas nega ter feito algo de errado com eles.

CCAA Capinópolis

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui