Polícia divulga imagens de acusada de fazer sexo com cadáveres

Se fosse um nome de filme, seria “Amor, estranho amor”. Como não é, é um pouco mais perturbador: uma mulher da Suécia é acusada de fazer sexo com cadáveres.

Em imagens divulgadas pela polícia, a mulher de 37 anos – cujo nome não foi revelado – aparece lambendo e abraçando um crânio humano. Segundo as autoridades, as imagens foram feitas no apartamento da mulher, em Gotenburgo. No local, os policiais acharam ao menos seis crânios, uma espinha e vários outros ossos sortidos, escondidos em um compartimento secreto onde também havia uma broca, sacos mortuários e fotos de um necrotério.

Policiais também encontraram imagens da mulher realizando atos sexuais em um esqueleto, além de dois CDs intitulados “Minha necrofilia” e “Minha primeira experiência”.

A mulher foi presa em setembro, segundo o tabloide britânico The Sun, e a Justiça de lá julgará o caso dela na semana que vem. Se confirmada a acusação de necrofilia, a mulher pode pegar até dois anos de cadeia por “perturbar a paz dos mortos”. A ré afirma que comprou os ossos pela internet, mas nega ter feito algo de errado com eles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carine Felizardo, representante do Pará, é eleita Miss Bumbum Brasil 2012

Sangue de panda pode ser útil contra fungos e bactérias