Um acidente na noite desse domingo, 1, na zona rural de Monte Alegre de Minas, no Triângulo Mineiro, deixou cinco pessoas mortas. Outras duas foram internadas em estado grave. Segundo a polícia, tudo teria ocorrido após um homem – que também morreu – ter passado o volante do carro em que estavam todas as sete vítimas para a sobrinha de 15 anos. O grupo voltava de uma fazenda tendo a garota, Laryssa Martins dos Santos, ao volante.

Quando seguiam pela chamada Estrada da Cascalheira, ela perdeu o controle da direção e a caminhonete Peugeot colidiu violentamente contra uma grande árvore ao lado da pista. Além da adolescente, morreram no local sua irmã Maraysa Martins dos Santos, de 13 anos, seu primo Samuel José dos Santos Souza, 18, sua amiga Ednara Santos Pereira, 15, e seu tio Antônio Oliveira da Silva, 63.

___ O texto continua após a publicidade ___

Um rapaz de 15 anos e uma garota de 13 anos foram socorridos com várias fraturas até o hospital de Monte Alegre, mas devido à gravidade do caso tiveram de ser transferidos para o Hospital de Clinicas da Universidade de Uberlândia (MG). O acidente aconteceu quando o carro já terminava o trajeto numa estrada de terra e se aproximava de uma rodovia asfaltada na zona urbana.

Das vítimas, segundo a Polícia Militar, três seguiam na frente e quatro no banco traseiro da caminhonete. Peritos estiveram no local e os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Ituiutaba (MG). Posteriormente foram liberados e estão sendo velados em Monte Alegre de Minas, onde serão sepultados no final da tarde desta segunda-feira, 2.

fonte: Agência Estado


Comments are closed.