Jovem de 21 anos tenta enviar pombo com um celular amarrado ao namorado preso em presídio

Pombo não teve forças para voar

Pombo com um celular amarrado lançado na terça-feira (1º) em direção ao Presídio Central, em Porto Alegre, não teve forças para voar. A missão proposta por Cristielli Mansa, 21 anos, ao animal: enviar o aparelho ao namorado, Wagner Machado Rodrigues, 19 anos, preso por tráfico de entorpecentes. A polícia foi ao encontro da jovem, que trazia outra ave imobilizada em uma garrafa PET, de fundo cortado. Presa às asas do animal, estava uma “mochilinha” com um bateria, chips e R$ 427,00

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Programa Mineiro de Empreendedorismo tem mais uma etapa em Ituiutaba

Câmara Municipal de Uberlândia aprova projeto que obriga bancos a ter vigilantes 24h