Secretária municipal de Saúde comenta sobre inserção de Capinópolis no o e-SUS

Simone Dantas

CAPINÓPOLIS – Quem não tem o Cartão SUS deve procurar a Unidade de Saúde mais próxima de sua casa e fazer o documento, que passa a ser exigido num novo modelo de atendimento do Sistema Único de Saúde, através do e-SUS.

A informação foi passada na última semana pela secretária municipal de Saúde, Simone Dantas, que comentou sobre a inserção de Capinópolis no programa, cuja capacitação já vem sendo feita junto aos servidores que estarão atuando no tema.

O e-SUS Atenção Básica (e-SUS AB) é uma estratégia do Departamento de Atenção Básica para reestruturar as informações da Atenção Básica em nível nacional. Esta ação está alinhada com a proposta mais geral de reestruturação dos Sistemas de Informação em Saúde do Ministério da Saúde, entendendo que a qualificação da gestão da informação é fundamental para ampliar a qualidade no atendimento à população. A estratégia e-SUS faz referência ao processo de informatização qualificada do SUS em busca de um SUS eletrônico.

O sistema e-SUS AB foi desenvolvido para atender às necessidades de cuidado na Atenção Básica. Logo, o sistema poderá ser utilizado para por profissionais das equipes de AB, pelas equipes dos Núcleos de Apoio a Saúde da Família (NASF), do Consultório na Rua (CnR) e da Atenção Domiciliar (AD), oferecendo ainda dados para acompanhamento de programas como Saúde na Escola (PSE) e Academia da Saúde. A primeira versão do sistema apóia a gestão do processo de trabalho das equipes por meio da geração de relatórios, sendo que, a segunda versão contemplará várias ferramentas de apoio à gestão.

Homem morto pela polícia na BR-365 era de Capinópolis e era suspeito de integrar quadrilha de roubo de caminhonetes

Acidente no cruzamento da avenida 17 c/ rua 26 em Ituiutaba deixa motoqueiro ferido