Veículo que levava pacientes para Montes Claros se envolveu no acidente.
Segundo Corpo de Bombeiros, são 14 vítimas.

Lucas Miranda Folha Regional

Um acidente entre um micro-ônibus e uma carreta na BR-251 deixou 14 mortos na manhã desta segunda-feira (25). Segundo as informações preliminares do Samu, o acidente teria vitimado 15 pessoas, mas esta relação foi alterada durante a tarde desta segunda-feira. Ainda de acordo com o Samu,11 feridos que estavam no micro-ônibus foram encaminhados para hospitais de Taiobeiras e de Salinas (MG).

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, o micro-ônibus do Serviço de Transporte em Saúde de Rubelita (MG) levava pacientes para tratamento em Montes Claros, quando bateu de frente com uma carreta, a 30 metros do trevo que dá acesso ao município de Padre Carvalho (MG).

Ainda segundo a polícia, o micro-ônibus saiu de Rubelita de madrugada, para levar 24 pacientes que fazem tratamento de hemodiálise e pacientes com consultas agendadas em Montes Claros.

Continua após a publicidade

Testemunhas disseram à polícia que chovia no momento do acidente e o motorista da carreta teria perdido o controle da direção fazendo um “L”, colidindo com o micro-ônibus que vinha na direção contrária. A carreta transportava um motor V8, o que potencializou o impacto da colisão devido ao peso da carga, não dando chance ao motorista do micro-ônibus de desviar.

O motorista da carreta, um homem de 37 anos, natural de Curitiba, ficou preso às ferragens, foi socorrido pelo SAMU e encaminhado ao hospital de Salinas.

Micro-ônibus transportava pacientes que iriam fazer tratamento em Montes Claros | Foto: EM

O trânsito foi interrompido nas duas pistas por mais de seis horas e a retirada dos corpos presos às ferragens foi realizada por militares do Sétimo Batalhão de Bombeiros.

O micro-ônibus pertence à frota do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Alto Rio Pardo (Cisarp) e, segundo o secretário executivo, Célio Brito, o veículo estava com a manutenção e documentação em dia.

“A vistoria em todos os veículos da frota é feita anualmente e a próxima acontece no mês de dezembro. Acreditamos que se trata de uma fatalidade, visto que o outro veículo bateu de frente com o micro-ônibus, não dando chance ao motorista de evitar o acidente”, afirma Brito.


Comments are closed.