CAPINÓPOLIS, PONTAL MINEIRO – A onda recente de roubos na cidade tem aterrorizado a população e comerciantes. Na última semana foi registrada uma ocorrência de roubo a uma drogaria inaugurada há pouco tempo na cidade, onde um meliante quebrou a vidraça da empresa e roubou cerca de R$ 100,00 em dinheiro.

Uma ocorrência que chamou a atenção foi a de um roubo a uma loja de eletrônicos instalada na avenida 103 com rua 102 e rua 100, onde os bandidos foram presos e encaminhados à delegacia de polícia e durante o trajeto desenvolvido pela PM, uma loja credenciada de uma operadora de telecomunicações, também na avenida 103 com a rua 100, teve janela e porta quebradas e os bandidos levaram três notebook e quatro aparelhos celulares.

Uma sorveteria, uma escola Estadual, uma pastelaria, um restaurante na saída para Ipiaçu e uma escola de idiomas também foram vítimas de criminosos nos últimos dias.

Continua após a publicidade

Um menor conhecido no meio policial está envolvido em vários destes roubos, mas sempre que é preso é libertado de acordo com o Estatuto Da Criança e do Adolescente.

A Polícia Militar de Capinópolis emitiu uma nota com relação à onda de crimes promovida na cidade.

Nos últimos dias, o centro comercial de Capinópolis tem sido vitimado por crimes contra o patrimônio. A Polícia Militar está empenhada em prevenir e reprimir tais delitos contra o patrimônio, no entanto, tem esbarrado na impunidade que vigora em nosso país.

Diante dos últimos acontecimentos, a Polícia Militar, tem envidado esforços e dado uma maior atenção ao centro comercial e continuará insistindo na prevenção destes delitos e na prisão destes delinqüentes, mesmo sabendo que eles são beneficiados pela legislação brasileira. Pedimos ainda que a comunidade dentro do anonimato nos auxilie informando o trânsito de suspeitos nas imediações do comércio; e que também invistam em grades de proteção para as portas de “blindex”, as quais voltaram a ser alvo dos infratores. Para fazermos segurança pública de qualidade é preciso que unamos forças.” finalizou a nota da Polícia Militar, emitida pelo Sargento Marcos A. Martins dos Santos.


Comments are closed.