Padrasto e mãe são presos em flagrante por estuprar menor em Monte Alegre-MG

O padrasto e a mãe de uma adolescente de 13 anos foram presos em flagrante por abuso sexual nesta sexta-feira (24), em Monte Alegre de Minas, no Triângulo Mineiro. Segundo a Polícia Civil, a mulher de 41 anos e o homem de 32 anos confessaram o crime e que abusavam da menor há pelo menos dois anos. A adolescente foi levada para Ituiutaba e vai receber auxílio psicológico.

Quando os policiais chegaram na residência, a menina havia acabado de ser abusada pelo padrasto e a mãe estava na porta do quarto assistindo tudo. Eles estavam sendo investigados há 20 dias depois que uma testemunha encontrou no celular do casal imagens da menor durante os abusos.

A testemunha denunciou a mãe e o padrasto para a polícia de Uberlândia, que encaminhou o caso para Monte Alegre. Os suspeitos, a adolescente e outro filho da mulher, um adolescente de 14 anos, viviam em uma propriedade rural da cidade e eram funcionários do local. Segundo a polícia, o casal mantinha relações sexuais com a vítima semanalmente.

O delegado responsável pelo caso, Luiz Antônio Minas, contou que a garota era obrigada a assistir filmes pornográficos e a dormir na mesma cama que o casal, além de ser abusada sexualmente tanto pela mãe quanto pelo padrasto. Quando os suspeitos queriam abusar da adolescente, eles mandavam o outro filho sair da casa para fazer serviços na fazenda. Ele não sabia dos abusos que a irmã sofria.

Ainda segundo o delegado, quando os abusos começaram, o casal ameaçava a garota para que ela não contasse. Com o passar do tempo, ela passou a achar que aquilo era normal e fazia parte da rotina da família. Durante a prisão dos dois, a polícia encontrou na casa quatro celulares com imagens da adolescente, além de material pornográfico e um cartão de memória com fotos íntimas da vítima.

Eles estão presos na cadeia pública da cidade e podem responder pelos crimes de corrupção de menores e estupro de vulnerável, cuja pena pode variar de dois a 15 anos de prisão. A garota foi levada para Ituiutaba e passou por exames de corpo de delito. Ela vai receber auxílio psicológico e irá morar com os familiares juntamente com o irmão.

Informações da TV Integração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Criminosos voltam a agir e bloqueiam BR-365 em Uberlândia e assaltam três veículos e atiram contra motorista

Secretário de meio-ambiente e desenvolvimento sustentável de Capinópolis diz que população deve fazer sua parte na limpeza urbana