Homem de 29 anos atira contra polícial e morto a tiros em Uberaba

Homem de 29 anos era ex-presidiário e morreu após atirar contra um policial | Foto:  Juliano Carlos
Homem de 29 anos era ex-presidiário e morreu após atirar contra um policial | Foto: Juliano Carlos

UBERABA, TRIÂNGULO MINEIRO – Um homem de 29 anos foi morto a tiros após atirar contra policiais no bairro Amoroso Costa. O fato ocorreu na tarde da última segunda (24).

Adriano Humberto dos Reis era ex-presidiário e agrediu um marceneiro dentro de empresa com um pedaço de madeira e logo em seguida, tentou agredir outra pessoa em via público.

Pessoas que passavam pelo local acionaram a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) e dois policiais se deslocaram para atender a ocorrência e ao chegarem ao local, um sargento de 48 anos foi surpreendido pelo ex-presidiário Adriano Humberto dos Reis e teve sua arma, uma pistola .40, tomada. Adriano disparou várias vezes contra o sargento, atingindo-o com dois tiros, sendo um no ombro e outro no abdômen.

Um cabo da (PMMG) de 32 anos, que também atendia a ocorrência, disparou e tirou a vida de Adriano, que ficou caído em uma calçada.

Uma ambulância de Unidade de Suporte Avançado (USA) do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi até o local do tiroteio e os médicos constataram que o ex-presidiário estava morto.

O corpo de Adriano foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) e o militar foi internado no Hospital das Clínicas da UFTM e não corre risco de morte.

Um cinegrafista da TV Alterosa (SBT) foi agredido por um policial no momento em que o sargento era atendido pelo SAMU.

Acredita-se que o ex-presidiário estava sob efeitos de drogas no momento da abordagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Conheça o badalado Galaxy S5 da Samsung lançado na Mobile World Congress

Homem de 30 anos é preso por suspeita de pedofilia. Segundo polícia, ele planejava abusar da filha que irá nascer em Março