Dívidas do grupo João Lyra ultrapassam os R$ 2 Bilhões. Trabalhadores e bancos europeus estão entre os credores

Deputado Federal João Lyra
Deputado Federal João Lyra

CAPINÓPOLIS, PONTAL MINEIRO – O deputado federal (PSD-AL) e empresário João Lyra foi afastado da direção do grupo João Lyra.

O grupo acumula uma dívida que ultrapassa os R$ 2 Bilhões e trabalhadores de Alagoas e Minas Gerais estão sem receber seus salários desde Dezembro de 2013. Recentemente, o grupo pagou o salário atrasado referente ao mês de novembro de 2013 de funcionários que trabalhavam nas usinas Vale do Paranaíba e Triálcool em uma tentativa sem sucesso de que os colaboradores voltassem ao trabalho.

João Lyra se nega a se desfazer das empresas, mesmo sabendo da situação caótica de milhares de funcionários. O grupo falido sempre teve a tradição de desrespeitar as leis, o meio ambiente e principalmente os colaboradores das usinas, que sempre foram tratados com meros objetos no processo produtivo. Com uma gestão administrativa sem qualificação, nem sempre a hierarquia de cargos nas usinas se deu por competência, com “chefes” arrogantes, muitos sem o ensino médio, mas que não abriam mão de serem chamados de “doutor”.

O deputado federal João Lyra tem tentado recuperar a estabilidade econômica de suas empresas nos últimos seis anos, utilizando de todos os recursos possíveis, alcançando apenas um calote à fornecedores, funcionários e bancos europeus.

Os advogados do grupo podem recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) ou entrar com recurso extraordinário no Supremo Tribunal Federal (STF) para reverter a situação de falência do grupo João Lyra.

One Comment

comente e responda
  1. eu realmente não torço por isso porque muitas pessoas sofrem por isso ,familias passam por nessecidade é lamentavél se verdade ou não da falencia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ingressos para a Copa podem custar preço de carro popular

Evite alimentos que aumentam a barriga e tenha mais saúde