Início Especiais 50 Anos do Golpe Conheça os presidentes que já governaram o Brasil

Conheça os presidentes que já governaram o Brasil

Publicada em:
Ao todo, a República Federativa do Brasil teve 37 presidentes. O primeiro presidente do Brasil foi o Marechal Deodoro da Fonseca. Até hoje a maioria dos presidentes foram homens; sobretudo, Dilma Vana Roussef, foi a 36ª pessoa a ocupar o Poder como Presidente da República.
Atualmente (2018), o presidente da República Federativa do Brasil é Michel Miguel Elias Temer Lulia, que ascendeu ao Poder definitivamente após impeachment de Dilma Vana Rousseff.

Conheça os presidentes que governaram o Brasil:

PERÍODO E PARTIDO DOS PRESIDENTES QUE GOVERNARAM O BRASIL
Presidente Vice-presidentePartidoMandato
Deodoro da FonsecaFloriano PeixotoMilitar1889-1891
Floriano PeixotoMilitar1891-1894
Prudente de MoraisManuel VitorinoPartido Republicano Federal (PR)1894-1898
Campos SalesRosa e SilvaPartido Republicano Paulista (PRP)1898-1902
Rodrigues AlvesSilvio Brandão/ Affonso PennaPartido Republicano Paulista (PRP)1902-1906
Affonso PennaNilo PeçanhaPartido Republicano Mineiro1906-1909
Nilo PeçanhaPartido Republicano Fluminense (PRF)1909-1910
Hermes da FonsecaVenceslau BrazPartido Republicano Conservador (PRC)1910-1914
Venceslau BrazUrbano SantosPartido Republicano Mineiro (PRM)1914-1918
10ºDelfim MoreiraPartido Republicano Mineiro (PRM)1918-1919
11ºEpitácio PessoaDelfim Moreira/ Bueno de PaivaPartido Republicano Mineiro (PRM)1919-1922
12ºArtur BernardesEstácio CoimbraPRM1922-1926
13ºWashington LuísMelo VianaPartido Republicano Paulista (PRP)1926-1930
Júlio PrestesPRPNão assumiu
Augusto Fragoso/ Isaías de Noronha/ Mena BarretoMilitarRevolução de 1930
14ºGetúlio VargasAliança Liberal (AL)1930-1945
15ºJosé Linhares1945-1946
16ºEurico Gaspar DutraNereu RamosPartido Social Democrático (PSD)1946-1951
17ºGetúlio VargasCafé FilhoPartido Trabalhista Brasileiro (PTB)1951-1954
18ºCafé FilhoPartido Social Progressista (PSP)1954-1955
19ºCarlos LuzPartido Social Democrático (PSD)1955-1955
20ºNereu RamosPSD1955-1956
21ºJuscelino KubitschekJoão GoulartPSD1956-1961
22ºJânio QuadrosJoão GoulartPartido Trabalhista Nacional (PTN)1961-1961
23ºRanieri MazzilliPSD1961-1961
24ºJoão GoulartPartido Trabalhista Brasileiro1961-1964
25ºRanieri MazzilliPSD1964-1964
26ºCastelo BrancoJosé Maria AlckminAliança Renovadora Nacional (ARENA)1964-1967
27ºCosta e SilvaPedro AleixoARENA1967-1969
Junta Governativa ProvisóriaMilitar1969-1969
28ºGarrastazu MédiciAugusto RademakerARENA1969-1974
29ºErnesto GeiselAdalberto dos SantosARENA1974-1979
30ºJoão FigueredoAureliano ChavesPartido Democrático Social (PDS)1979-1985
Tancredo NevesJosé SarneyPartido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB)Não assumiu
31ºJosé SarneyPMDB1985-1990
32ºFernando CollorItamar FrancoPartido da Reconstrução Nacional (PRN)1990-1992
33ºItamar FrancoPRN1992-01/01/1995
34ºFernando Henrique Cardoso (FHC)Marco MacielPartido da Social Democracia Brasileira (PSDB)01/01/1995-01/01/2003
35ºLuís Inácio Lula da SilvaJosé AlencarPartido dos Trabalhadores (PT)01/01/2003-01/01/2011
36ºDilma Vana RousseffMichel TemerPartido dos trabalhadores PT01/01/2011-01/01/2019 (afastada em 12/05/2016 por impeachment)
37ºMichel Miguel Elias Temer Lulianão há vice presidente – Em caso de afastamento, assume o
presidente da Câmara
Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB)12/05/2016-01/01/2019 (assumiu interinamente após abertura do impeachment de Dilma Rousseff).

Assumiu oficialmente a presidência em 01/09/2016 após impeachment de Dilma Rousseff.

38ºJair Messias BolsonaroAmilton MourãoPartido Social Liberal – PSLEleito em 28/10/2018 — tomará posse em 01/01/2019

FRAGMENTOS PARA A HISTÓRIA

Dilma Rousseff foi reeleita presidente do Brasil em 2014 em uma acirrada disputa no segundo turno com o candidato tucano Aécio Neves.dilma-1

Dilma Vana Rousseff Foi afastada em 12/05/2016 após abertura de processo de impeachment na Câmara e no Senado brasileiro.

Continua após a publicidade

Por 61 votos a 20, o Senado condenou a petista por crime de responsabilidade pelas chamadas “pedaladas fiscais”, que são o atraso no repasse de recursos do Plano Safra a bancos públicos, e pela edição de decretos de créditos suplementares sem aval do Congresso. Foram 7 votos a mais do que o mínimo necessário -54 das 81 cadeiras do Senado.

O ex-presidente Fernando Collor —o primeiro chefe do Executivo a sofrer um processo de impeachment na América Latina—, se desfiliou ao PTB por ser contra o afastamento da presidente Dilma Rousseff. (Leia)

O impeachment da presidente Dilma Rousseff foi aceito e Michel Temer tomou posse como Presidente oficial em 01/09/2016 – Os direitos políticos de Dilma Rousseff foram preservados.

No dia 17/05/2017 – Foi publicado a notícia de que Michel Temer foi gravado pelo dono da JBS, Joesley Batista, dando aval para comprar silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha; A crise brasileira tomou proporções desastrosas e a bolsa de São Paulo teve grandes perdas. (Leia)

O senador Aécio Neves, que concorreu à presidência contra Dilma Rousseff, foi gravado pelo dono da JBS, Joesley Batista, pedindo R$2 Milhões de supostas propinas. A irmã de Aécio, Andréa Neves, também foi presa (veja). Aécio foi afastado do mandato de senador (Veja), mas retomou o cargo após votação no Senado em 17/10/17 (veja).

25/10/2017 – Michel Temer teve a segunda denúncia recusada por 233 votos a favor da denúncia e 251 contra a denúncia. Seriam necessários 342 votos para que o Supremo Tribunal Federal fosse autorizado a analisar a acusação contra Temer e dois de seus ministros, Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral).

05/04/2018 – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Lula) foi condenado a prisão e deveria ter se entregado à Polícia Federal até as 17h do dia 06/04/2018, mas não o fez, ficando recluso no Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo (SP). Lula foi condenado por Moro no caso do tríplex de Guarujá em julho de 2017. Em janeiro, os juízes do TRF-4 confirmaram a condenação e votaram por aumentar a pena do petista para 12 anos e um mês de prisão (veja). Lula é o 5º homem a ocupar a presidência da República preso. (veja quem foram os presidentes presos)

(leia tudo que foi publicado sobre o assunto)

07/2018 ─ As eleições presidenciais se aproximam e as ‘fake news’ ─ termo popularizado pelo presidente norte americano Donald Trump para se referir às notícias falsas ─ é uma das grandes preocupações. As notícias falsas tomam a pauta nas redes sociais como Facebook, WhatsApp, Twitter e outras.

O empresário Flávio Rocha (PRB), dono da Riachuelo, desistiu de ser candidato à Presidência. O anúncio de sua saída da corrida eleitoral deve ser formalizado no dia (13/07/18).

08/2018 — As eleições de 2018 tiveram início oficial no dia 16/08/18/; Veja os candidatos à presidente neste ano: Jair Bolsonaro (PSL); Marina Silva (Rede); Ciro Gomes (PDT); Geraldo Alckmin (PSDB); Fernando Haddad (PT); Alvaro Dias (Podemos); Cabo Daciolo (Patriota); Eymael (DC); Guilherme Boulos (PSOL); Henrique Meirelles (MDB); João Amoêdo (Novo); João Goulart Filho (PPL); Vera Lúcia (PSTU).

Preso em Curitiba-Pr., o ex-presidente Lula insiste na tese de ser candidato — a lei da ‘ficha limpa’, que foi sancionada por ele mesmo, o impede de ser candidato. Cabe ressaltar como fato histórico que, o atual presidente Michel Temer (MDB) e o senador Aécio Neves, ambos envolvidos em sérios crimes, não estão presos.

As redes sociais ocupam um papel central nas eleições, com possibilidade de reduzir a importância da propaganda no rádio e na Tv pela primeira vez em décadas.

A ex-presidente Dilma Rousseff —que sofreu impeachment em 2016 —, é candidata ao senado por Minas Gerais e seu arque rival, Aécio Neves, tenta uma vaga como deputado federal, também por Minas Gerais.

09/2018 – Candidato líder nas pesquisas de intenção de votos —Jair Messias Bolsonaro— é esfaqueado durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG). (Leia e assista ao vídeo)

Justiça não permite candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) —que está preso desde abril de 2018 em Curitiba (PR). Fernando Haddad (PT) é nomeado seu sucessor e dispara nas intenções de voto.

Beto Richa (PSDB), ex-governador do Paraná, é preso pelo Gaeco em Curitiba (Leia).

07/10/2018 – Após a apuração das urnas eleitorais, Jair Bolsonaro (PSL) disputará o segundo turno com Fernando Haddad (PT). (Veja a apuração).

Em Minas Gerais, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) —que liderou as pesquisas eleitorais para o Senado Federal até a última semana de campanha eleitoral—, ficou em quarto lugar. Dilma garantiu uma derrota marcante ao Partido dos Trabalhadores em Minas. Fernando Pimentel (PT) —atual governado de Minas Gerais e que tentava a reeleição— ficou em terceiro lugar.

– Bolsonaro diz que problemas com urnas impediram vitória no primeiro turno (veja).

09/10/2018 – Publicitário é suspenso de agência após atacar nordestinos por votação em Haddad. Clima de xenofobia toma conta das redes sociais (veja).

10/10/2018 – Ex-governador de GO, Marconi Perillo (PSDB), é preso pela PF na operação que apura pagamento de propina (veja).

18/10/2018 – Haddad acusa Bolsonaro de criar rede de fake news e diz que vai à Justiça.

O segundo turno das eleições será disputado no dia 28 de Outubro de 2018.

28/10/2018 — Jair Messias Bolsonaro (PSL) é eleito presidente da República Federativa do Brasil com 55,13% dos votos. O candidato do Partido dos Trabalhadores, Fernando Haddad, obteve 44,87% dos votos. Brancos somaram 2,14% e os votos nulos somaram 7,43%. 

Veja tudo que o Tudo Em Dia publicou sobre as eleições 2018

 

OUÇA UM POUCO SOBRE CADA PRESIDENTE QUE GOVERNOU O BRASIL

 

Postcast sobre Deodoro da Fonseca

Postcast sobre Floriano Peixoto

Postcast sobre Prudente de Morais

Postcast sobre Campos Sales

Postcast sobre Rodrigues Alves

Postcast sobre Afonso Pena, morto no cargo, e Nilo Peçanha, o presidente mulato

7) Postcast Hermes da Fonseca, intervenção militar e urucubaca

Postcast sobre Venceslau Brás, greve, gripe e guerra

Postcast sobre Delfim Moreira, doente e breve, e Epitácio Pessoa, o começo do fim

Postcast sobre Artur Bernardes, o país sob sítio

Postcast sobre Washington Luís, a soberba precede a ruína

Postcast sobre Getúlio Vargas, revolução e ditadura

Postcast sobre Eurico Gaspar Dutra, getulista pero no mucho

Postcast sobre Getúlio Vargas, ele está de volta

Postcast sobre Café Filho, golpe na transição, e Juscelino Kubitschek, Brasília e dívidas

Postcast sobre Jânio Quadros, a renúncia, e João Goulart, o golpe

Castelo Branco, as fundações da ditadura

Costa e Silva, o presidente do AI-5

Emílio Garrastazu Médici, crimes e milagres

Nesta época, um caso de um assassino em série chamou a atenção do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Sudoeste Goiano. Há suspeitas de que os assassinatos foram promovidos pela ditadura de Médici em busca de guerrilheiros (Assista à produção feita pelo Tudo Em Dia)

 

Ernesto Geisel, tensão e distensão

João Figueiredo, o regime escreve seu fim

José Sarney, por ele ninguém esperava

Fernando Collor, voto direto e impeachment

Itamar Franco, hiperinflação e Plano Real

Fernando Henrique Cardoso, o primeiro reeleito

Luiz Inácio Lula da Silva (LULA), amor e ódio

Dilma Rousseff, queda econômica e política

 


Comments are closed.