ATUALIZADO EM 16/03/14 – 8H32M

Policiais envolvidos na operação que resultou na prisão do ex-vereador
Policiais envolvidos na operação que resultou na prisão do ex-vereador

CAPINÓPOLIS, PONTAL MINEIRO – O ex-vereador de Ipiaçu Evaldo Alves da Costa, 42, foi preso preso na manhã deste sábado (15) pela Polícia Militar (PM) de Capinópolis, Ipiaçu, Ituiutaba e Uberlândia.

“Bebezinho”, como era conhecido o ex-vereador, era foragido da Justiça e havia um mandado de prisão em desfavor dele. Em 2012, Evaldo foi acusado de assassinar um homem de 39 anos em Ipiaçu e segundo a Polícia, “bebezinho” tinha ligações com o tráfico de drogas em Ipiaçu, Capinópolis e Cachoeira Dourada.

Continua após a publicidade

O ex-vereador sempre impunha o poder através de homicídios e ameaças e foi reeleito vereador em Ipiaçu de 2008 a 2012. Chegou a ser notícia nacional quando foi eleito, juntamente com os dois irmãos, nas eleições municipais de em Ipiaçu.

Com o ex-vereador foram apreendidos dinheiro, folhas de cheque, celulares, tablet, um revolver e um espingarda calibre 12. A PM disse que a prisão do homem estava sendo planejada há quase um ano e que a demora em capturá-lo ocorreu, pois havia inúmeros olheiros na região que sempre avisavam “Bebezinho” da presença dos militares.

Além do ex-vereador, duas mulheres também foram encaminhadas à delegacia e a participação delas nos crimes será investigada.

Cinthia Paula Prado, 42 anos, que estava com a quantia em dinheiro e os cheques e Eliceia Dores E. da Costa, 33 anos, que estava com a espingarda calibre 12 (porte ilegal de arma).

Relembre o caso de assassinato

Evaldo Alves da Costa havia sido preso em 2015 / foto: Arquivo Tudo Em Dia

Segundo o boletim de ocorrência registrado em 20 de Dezembro de 2012, a vítima, José Roberto da Silva, 39, estava em uma lanchonete, quando o autor (EAC), 40, parou em um cruzamento em seu veículo, neste momento, José Roberto da Silva teria gritado “Paga uma cerveja aqui!” e segundo testemunhas, (EAC) sacou uma arma de fogo e efetuou vários disparos contra o peito de José Roberto.

A vítima tentou fugir, pulando uma janela ao fundo da lanchonete e caindo no depósito de um supermercado.

Vários disparos foram efetuados e um jovem de 16 anos também foi atingido no tórax. As vítimas foram atendidas no pronto atendimento local, mas José Roberto da Silva não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito.

Segundo testemunhas, o motivo do crime seria um acerto de contas de fatos anteriores.


Comments are closed.