João Lyra é afastado da presidência do grupo JL
João Lyra é afastado da presidência do grupo JL

O administrador judicial Ademar Amorim Fiel é oficialmente o gestor da massa falida da Laginha Agroindustrial S/A., que englobará todas as empresas do grupo João Lyra com um único Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

Com uma dívida estimada em R$ 2 Bilhões, o deputado federal João Lyra foi afastado formalmente de suas funções de presidente do Grupo JL. Ao final do processo, João Lyra receberá de volta o que sobrar de suas empresas após pagamento dos credores.

Segundo informações, a partir da emissão do novo CNPJ, todas as receitas serão depositadas na conta da pessoa jurídica (massa falida) e funcionários e credores terão prioridade para recebimento.

Continua após a publicidade

Só no Triângulo Mineiro, milhares de trabalhadores estão com salários, décimo terceiro e pagamento de férias atrasados e vislumbram a possibilidade de recebimento.

Para tentar retomar o comando do Grupo JL o empresário João Lyra entrou com dois recursos no Tribunal de Justiça, através de seus advogados: recurso especial que deve subir para o STJ e uma medida cautelar em João Lyra pede que a decisão (de falência) seja suspensa até o julgamento na corte superior.

Também ficou decidido o levantamento da existência de bens e direitos dos falidos, sócios, gerentes e administradores”.

 


Comments are closed.