delegacia-virtualA Delegacia Eletrônica Virtual vai passar a registrar, a partir desta segunda-feira (30), ocorrências simples envolvendo perda ou extravio de documentos e objetos pessoais. Funcionando há dois meses, o sistema já gerou mais de 3 mil ocorrências de trânsito.

O processo, além de oferecer praticidade aos cidadãos, ajuda a desafogar as delegacias físicas da cidade. O documento emitido é idêntico ao que se adquire em uma delegacia ou companhia da Polícia Militar, e tem o mesmo valor.

O registro no site pode ser feito por quem perdeu, por exemplo, o celular, a carteira de identidade ou o cartão de banco. Basta acessar e seguir passo a passo. Isso vale para diversos documentos e objetos, mas o valor do que foi perdido não pode ultrapassar dez salários mínimos. Esse material que sumiu também não pode ser um bem público nem estar relacionado a crimes como furto ou roubo.

Continua após a publicidade

Para realizar o registro, acesse o site da delegacia virtual ou os atalhos nos sites do Detran e da Polícia Civil de Minas Gerais. É necessário preencher os formulários que serão apresentados em sequencia na tela. Depois do envio dos dados, a ocorrência passará por uma triagem. Em cerca de cinco minutos será emitida uma mensagem informando o número do Registro de Evento de Defesa Social (Reds) e a explicação de  como acessá-lo no site do Sistema Integrado de Defesa Social para imprimi-lo.


Comments are closed.