A corrida eleitoral já começou e alguns candidatos já apostam suas fichas na Internet. As redes sociais dos três principais presidenciáveis deram um impulso desde Março deste ano, quando começaram as especulações sobre uma possível candidatura.

Recentemente Aécio entrou com uma ação contra o Google para que buscas na internet relacionadas à drogas e corrupção em Minas Gerais não fossem associadas ao seu nome. O caso ficou público e causou revolta entre internautas que viram seu direito de pesquisa ameaçado. A equipe do senador Aécio alega que trata-se de uma campanha suja dos adversários.

Na tarde da última terça-feira (15), a equipe do candidato Aécio Neves fez o lançamento oficial do website da campanha e uma animação conta a história do candidato mineiro.

Continua após a publicidade

Toda a concepção do portal da campanha de Aécio se deu em São Paulo e os principais executores do projeto, dizem aliados, foram os publicitários Zuza Nacif e Mino Mazzamati. Ambos pertencem à equipe montada pelo marqueteiro de Aécio, Paulo Vasconcelos, para a comunicação da campanha.

O candidato Eduardo Campos (PSB) também já lançou oficialmente o website da campanha e luta para tornar-se uma opção à polarização PSDB/PT no governo Federal.


Comments are closed.