Reprodução: Facebook
Jaqueline Arruda Mamede era estudante de jornalismo em Uberaba / Reprodução: Facebook

UBERABA, TRIÂNGULO MINEIRO – O corpo carbonizado encontrado por cortadores de cana em um canavial em Uberaba é da estudante de jornalismo Jaquelaine Arruda Mamede, de 29 anos, natural de Canápolis (MG).

Cortadores de cana-de-açúcar encontraram o corpo carbonizado enquanto trabalhavam em um canavial por volta das 15h do último domingo (20) e acionaram a Polícia Militar (PM). Parte do cabelo não havia sido consumido pelas chamas e um cordão de ouro e um anel ajudaram na identificação da vítima.

A jovem estava desaparecida deste a última quinta-feira (17). O veículo em que ela estava quando desapareceu foi encontrado no mesmo dia em um matagal no bairro Antônia Cândida.

Continua após a publicidade

Ainda não há suspeitos do crime que teria vitimado a estudante.


Comments are closed.